Com salários em atraso, funcionários do Hospital Armando Vidal passam a atender somente emergência e urgência

Fotos: SF Notícias

Ainda sem nenhuma resposta ou previsão para o recebimento dos dois meses de salários atrasados, do décimo terceiro de 2015 e parte do de 2016, os funcionários da Associação Hospitalar Armando Vidal, em São Fidélis, passam a atender a partir desta quarta-feira (19) somente casos de emergência.

Segundo a Comissão de Funcionários, os atendimentos ambulatoriais estão sendo encaminhados às Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município e somente casos graves como acidentes serão atendidos. Na tarde de ontem (18) eles realizaram uma manifestação em frente à unidade solicitando que o Conselho do HAV assinasse um Termo de Consenso redigido pela Prefeitura, mas até o momento nada ficou decidido.

Também nesta quarta, eles encaminharam uma carta ao Juiz da Comarca da cidade, ao Ministério Público, ao Corpo de Bombeiros e à Prefeitura. Nela, os funcionários informam que não possuem condições emocionais e físicas para continuar exercendo suas funções.

“Desde fevereiro recebemos por parte da diretoria do Hospital promessas de data de um julgamento judicial que até a presente data não aconteceu. Como também vemos em nosso dia a dia de trabalho reformas em todo o hospital, com pagamentos sendo efetuados semanalmente aos pedreiros e pintores, enquanto nós que lidamos com vida, saímos de nossas residências sem saber se conseguiremos manter a nossa família com o mínimo de dignidade. Não estamos incitando a população contra a diretoria da AHAV, e muito menos estamos optando por qualquer lado, seja político ou não, mas lutamos por um direito ao qual garantimos aos nossos assistidos que é a vida” – diz parte do documento.

VEJA MAIS

VEJA MAIS