Com projetos relacionados a acessibilidade, Biblioteca de São Fidélis busca se aproximar cada vez mais da população

Recentemente o piso do anfiteatro recebeu a pintura de espaços destinados a cadeirantes. Dia Internacional das Pessoas com Deficiência deve ser celebrado com programação especial

Local que guarda parte da história do município e região, repleto de cultura, arte e educação, a Biblioteca e Museu Municipal Corina Peixoto de Araújo, em São Fidélis, no Norte Fluminense, tem investido para que cada vez mais pessoas tenham acesso a esse rico material. Entre os projetos relacionados a acessibilidade, está a movimentação nas redes sociais, com objetivo de aproximar a Biblioteca e Museu do público e atrair os visitantes. Pelo Instagram (@bibliotecaemuseusf), os internautas ficam por dentro das novidades, recebem dicas de leitura, conhecem mais sobre a história do município e seus ilustres personagens e muito mais.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Foto: SF Notícias

Recentemente o piso do anfiteatro recebeu uma pintura de espaços destinados a cadeirantes. Para o dia 03 de dezembro, por exemplo, quando é celebrado o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, a entidade está planejando receber alunos da Pestalozzi. Além disso, a Historiadora e mediadora da Biblioteca e Museu, Lelaine Mota, está participando de mentorias de acessibilidade. “Os projetos relacionados a acessibilidade são mentoria que o Hub+ nos oferece, eu estou fazendo curso de Libras, terminamos agora essa semana a mentoria em acessibilidade, além de workshops da rede Hub que estão disponíveis no canal deles no YouTube” – relata a mediadora.

Projeto de digitalização e Serviço de Atendimento Virtual
Em comemoração aos 240 anos de fundação do município, a Biblioteca deu início neste ano ao seu projeto de digitalização. A meta é digitalizar obras raras, fotografias e demais documentos do patrimônio histórico e cultural do município, a fim de preservá-lo e promover seu acesso e democratização. O livro que inaugurou o processo de digitalização foi “História da Cidade de São Fidélis”, do Padre. Fr. Jacinto de Palazzolo, uma obra fundamental para conhecer as origens da Cidade Poema.

Em meio à pandemia a Biblioteca também inovou com a criação do Serviço de Atendimento Virtual (SAV), que traz comodidade e segurança à população fidelense. Através do SAV é possível renovar empréstimos; consultar o acervo; realizar breves e apuradas pesquisas; verificar informações suspeitas na internet; visualizar o Museu à distância; agendar horários de visita ao Museu e de uso das salas de pesquisa e estudo; obter conteúdo digital para pesquisa e lazer, e muito mais. Para ter a biblioteca na “palma da mão” basta salvar o número (22) 2758 6829 na agenda do celular que o contato aparecerá automaticamente em sua lista de contatos do WhatsApp.

VEJA MAIS

VEJA MAIS