sexta-feira , 30 outubro 2020
A procissão ocorreu no sábado (21); Neste domingo (22) o tempo mudou na "Cidade Poema" e chegou a chover, de forma fraca

Com garrafas de água e imagem de Nossa Senhora, fiéis sobem o Morro do Cruzeiro para pedir chuva em S.Fidélis

Fotos: Padre Gaspar Pelegrini

No penúltimo dia de inverno (21/09), estação que foi marcada por tempo seco e temperatura acima da média em São Fidélis, fiéis da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida e São Fidélis subiram o Morro do Cruzeiro, no Centro, em uma Procissão de Penitência organizada pelo Padre Gaspar. O objetivo era pedir por chuva, já que o município está há mais de 100 dias sem chuva significativa. O último volume acima de 5 mm foi registrado no dia 23 de agosto, quando a estação pluviométrica do CEMADEN – instalada na Prefeitura, no Centro, registrou 7.8 mm. Entretanto, para minimizar os impactos da estação mais seca do ano, serão necessários grandes volumes.

A procissão reuniu dezenas de idosos, jovens e até crianças, que mesmo com sensação térmica de quase 40°C na tarde de sábado, subiram até o monumento do Cruzeiro rezando e clamando. Uma imagem de Nossa Senhora foi carregada durante todo o trajeto. Quando chegaram à cruz, além de mais orações, os fiéis também derramaram água aos pés da mesma, reforçando o pedido. “Disse Jesus: Pedi e recebereis. Nós pedimos e vamos continuar pedindo, confiantes na bondade de Deus” – postou o Padre Gaspar em uma rede social.  Neste domingo (22), o tempo mudou na “Cidade Poema” e o dia foi marcado por tempo instável, com chuva fraca em alguns momentos. Não houve registro de grandes volumes na área central da cidade, mas a umidade do ar subiu, aliviando os efeitos do ar seco para a saúde, e o calorão finalmente deu uma trégua. Para esta semana, a primeira da primavera, há previsão de mais chuva a partir de quarta-feira.

Mais do SFn