Com formação de ZCAS, volume de chuva será extremo e pode passar dos 300 mm em alguns pontos

Entre a Grande Belo Horizonte, o Vale do Rio Doce, centro-sul do Espírito Santo (inclusive Vitória) e o norte do Rio de Janeiro, o volume será extremo até a próxima segunda-feira (10)

A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) volta a se configurar sobre o Brasil nesta primeira semana do ano de 2022. Segundo a Climatempo, a atmosfera já está bastante instável e com o reforço da ZCAS entre os dias 6 e 10 de janeiro, a previsão indica volumes bastante elevados no país, com alto potencial para transtornos. Este sistema será o responsável por provocar bastante chuva entre o Sudeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil. O sistema tende a se configurar na posição média normal.

No Sudeste, a previsão é de tempo bastante carregado nos próximos dias. “A chuva tende a ser frequente por vários dias consecutivos. Entre a Grande Belo Horizonte, o Vale do Rio Doce, centro-sul do Espírito Santo (inclusive Vitória) e o norte do Rio de Janeiro, o volume será extremo e até pode passar dos 300 mm em alguns pontos até a próxima segunda-feira (10)” – alerta a Climatempo.

A previsão é de chuva volumosa nos próximos dias e com alto risco de transtornos. Há condições para alagamentos e deslizamentos de terra. A ZCAS não vai influenciar essas regiões, mas após o avanço da frente fria, o vento ficará embicado contra a costa, favorecendo a chuva frequente também entre o litoral do Paraná, de São Paulo e região da Costa Verde (RJ).

VEJA MAIS

Ofurô x Spa: qual é a diferença?

Trouxemos esse artigo com as principais diferenças entre ofurô e spa e também vamos te auxiliar qual é a melhor escolha para o seu perfil

VEJA MAIS

Ofurô x Spa: qual é a diferença?

Trouxemos esse artigo com as principais diferenças entre ofurô e spa e também vamos te auxiliar qual é a melhor escolha para o seu perfil