Em São Fidélis, uma moradora teve uma cirurgia adiada; Hemocentro atende 25 instituições hospitalares em 15 municípios da região

Com baixo número de doadores, Hemocentro Regional tem dificuldades para atender demanda médica

O Hemocentro Regional, localizado em Campos dos Goytacazes, está enfrentando dificuldades para atender a demanda médica devido ao baixo comparecimento de doadores de sangue. O Hemocentro fornece bolsas para 25 instituições hospitalares, sendo nove em Campos, e mais 16 unidades hospitalares em 14 municípios da região. Com o baixo número de doações, as cirurgias eletivas estão sendo até adiadas, como é o caso de uma moradora de São Fidélis, e as bolsas estão sendo destinadas principalmente aos casos de emergência. A direção do Hemocentro convoca a população para doar e ressalta que todos os tipos sanguíneos são bem vindos. “Para doar as pessoas devem comparecer ao Hemocentro, localizado no térreo do Hospital Ferreira Machado, entre 7h e 18h, qualquer dia da semana, inclusive sábados e domingos” – informa a unidade.

A unidade precisa de no mínimo 70 doações diárias. Os interessados em doar devem apresentar documento de identidade oficial e original, ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem comparecer acompanhados do pai ou mãe, ambos com documento de identidade), pesar mais de 50 kg, estar com boa saúde e não ter ingerido alimentos gordurosos nas 3 horas anteriores à doação. Trabalhadores ou estudantes têm direito de solicitar um atestado no dia da doação. Vale ressaltar que uma bolsa de sangue pode ajudar a salvar até três vidas.

Mais do SFn