Cobra é encontrada carbonizada em área destruída por incêndio em Friburgo O Corpo de Bombeiros de Friburgo já atendeu a 450 ocorrências de incêndio que destruíram uma área equivalente a 6.594.557 m²

O Corpo de Bombeiros de Friburgo já atendeu a 450 ocorrências de incêndio que destruíram uma área equivalente a 6.594.557 m²

Divulgação/ Apa Estadual Macaé De Cima

Os incêndios florestais estão destruindo áreas de proteção e matando animais em nosso estado. Nesta semana, uma cobra foi encontrada carbonizada em uma área que foi destruída por um incêndio que atingiu uma fazenda na região de Macaé de Cima, no município de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. O animal, da família das Jararacas, foi encontrado em meio às cinzas por uma equipe de guarda-parques da Área de Proteção Ambiental Estadual Macaé De Cima. “Muitos animais estão sendo mortos por causa da frequente ocorrência de incêndios florestais”, diz uma publicação feita na página oficial da unidade de conservação. (continua após a publicidade)

No vídeo divulgado, a Guarda-parque e Bióloga especialista em Zoologia e com experiência em herpetofauna, Izenita Brum, faz um desabafo. “Esse é o resultado! Uma biodiversidade, fauna, flora sendo queimada; mas, nós somos guerreiros e vamos continuar o combate”. Neste ano, o 6º Grupamento de Bombeiros Militar de Nova Friburgo já atendeu a 450 ocorrências de incêndio em vegetação, que destruíram área equivalente a 6.594.557 metros quadrados. Os bombeiros usaram 711.038 mil litros de água. “A fauna silvestre tem papel fundamental para o equilíbrio do ecossistema. Seja consciente. Conheça, respeite e preserve!”, conclui a publicação na página da Área de Proteção Ambiental Estadual Macaé De Cima.

Mais do SFn