Ciclone extratropical deixa mar agitado e provoca ventos fortes no litoral do RJ

O ciclone extratropical sobre o Sul do Brasil influencia o tempo também no Sudeste e Centro-Oeste do país

Imagem ilustrativa/ Prefeitura de Campos

Um ciclone extratropical com uma frente fria associada é responsável por provocar muita chuva, ventos intensos e até agitação marítima em praias do Sul e do Sudeste do Brasil ao longo desta semana. A situação é de alerta e com potencial para muitos transtornos, principalmente nos estados do Sul, segundo a Climatempo. No litoral do estado do Rio, há possibilidade de ocorrência de rajadas de ventos de forte intensidade que ultrapassam os 60km/h, que segundo a Climatempo podem provocar problemas como queda de árvores, detalhamentos, entre outros.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Com a previsão de ventos muito fortes soprando também sobre o oceano, a tendência é de agitação marítima em praias do Sul e do Sudeste do Brasil nos próximos dias. Com isso, muitas áreas do litoral ficam em alerta para o risco de ressaca. Nesta quarta o mar segue agitado e com ressaca da cidade do Rio até São João da Barra com ondas de até 2,5m, informa a Climatempo. “Por causa das condições de vento e de mar previstas para a semana, a navegação no trecho do litoral do Rio Grande do Sul ao litoral do Rio de Janeiro é altamente desaconselhável. Fique atento aos avisos da Marinha!” – alerta o portal.

A Secretaria Municipal de Defesa Civil alertou para a possibilidade de ocorrência de rajadas de ventos de intensidade até muito forte na faixa litorânea de Campos dos Goytacazes, até o fim da tarde desta quinta-feira (05). “Essa mudança de cenário se dá a partir da atuação de um sistema de baixa pressão atmosférica. O referido sistema poderá provocar ondas de direção Sudeste a Leste, com até três metros de altura no período em questão, o que poderá ocasionar ressaca na região costeira municipal” – alerta o órgão. A Defesa Civil solicitou atenção quanto à circulação de pessoas e veículos na faixa litorânea, já atingida constantemente por ondas e ventos, que causam, em conjunto, o fenômeno da erosão costeira.

VEJA MAIS

VEJA MAIS