Chuva na região: Alagamentos ou deslizamentos são registrados em Cambuci, Itaocara, Miracema e Pádua

Em Itaocara e Miracema foram registrados alagamentos e deslizamentos; em Cambuci foi registrado um deslizamento na RJ-194 e em Pádua foram registrados alagamentos

Miracema, no Noroeste Fluminense, foi um dos municípios com maior registro de acumulado de chuva nesta quarta-feira (02) no estado do Rio. Segundo o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, Cemaden-RJ, foram registrados 90,6 milímetros de chuva. A Defesa Civil do município contabiliza 78 milímetros apenas entre 17h30 e 22h.

Já a estação do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais contabiliza 128,2 milímetros ao longo desta quarta-feira, e 146.4 milímetros de chuva nas últimas 48 horas em Miracema. Ainda de acordo com a Defesa Civil de Miracema, houve alagamentos em várias ruas (foto abaixo) da sede do município e nos distritos de Paraíso do Tobias e Venda das Flores.

Também foram registrados deslizamentos de terra na RJ-200, estrada de Paraíso do Tobias, e na estrada de Areias, que provocou a interrupção do trânsito. Ontem, na parte da noite, a Prefeitura de Miracema chegou a fazer um comunicado em uma rede social. “O município de Miracema está sendo atingido nesta noite por uma forte chuva. Há pontos de alagamentos na cidade e imóveis danificados. As Secretarias de Defesa Civil e Assistência Social estão nas ruas acompanhando os problemas. Amanhã, ambas pastas irão enviar um relatório para o Estado, apontando a situação urgente”, diz o comunicado.

continua após a imagem

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Outras cidades da região também registraram grandes volumes de chuva nesta quarta-feira. Segundo as estações do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, foram registrados acumulados de 106.4 milímetros de chuva ao longo desta quarta em Santo Antônio de Pádua e 113 milímetros em 48 horas. Vídeos compartilhados em grupos de WhatsApp mostram ruas do bairro Cidade Nova alagadas. Também há alagamentos no bairro Dezessete.

Em Itaocara foram registrados 64,4 milímetros de chuva. Ruas do Centro (foto abaixo) e do bairro Sobradinho ficaram alagadas, entre elas a Rua São José, ou rua do Corpo de Bombeiros, a principal via da cidade e trecho urbano da RJ-116. A rua chegou a ser interditada. Ainda em Itaocara, um deslizamento de terra provocou a interdição da RJ-158 entre a sede do município e o distrito de Portela. A Defesa Civil de Itaocara emitiu um comunicado dizendo que há risco moderado para deslizamentos em todo o município. Por isso, moradores de áreas de risco devem ficar em alerta nas próximas horas. A população pode acionar a Defesa Civil pelo telefone/WhatsApp (22) 98108-1068. O canal funciona 24h. Em caso de emergência, ligue 193.

continua após a imagem

Em Cambuci foi registrado um acumulado de 49.4 milímetros de chuva ao longo desta quarta pela estação do Cemaden, e 71 milímetros em 48 horas. Um pequeno deslizamento de terra foi registrado na RJ-194, na saída de Cambuci para Itaocara, mas a pista não chegou a ser interditada. Os vídeos abaixo mostram imagens de Pádua, Miracema e por último Itaocara.

VEJA MAIS

VEJA MAIS