Cheia do Rio Pomba afeta 3 mil moradores e Aperibé decreta situação de emergência; rio segue baixando

Cerca de 250 pessoas ficaram desalojadas e 34 desabrigadas. A Ponte entre Aperibé e Funil foi interditada; veja imagens aéreas de Aperibé durante a inundação

imagens: reprodução redes sociais e Jonatas Abril

Cerca de 3 mil moradores foram afetados de alguma forma pela cheia do Rio Pomba em Aperibé, no Noroeste Fluminense, segundo a Secretaria de Assistência Social. Ainda segundo levantamento, cerca de 250 pessoas ficaram desalojadas e 34 desabrigadas. O município decretou situação de emergência.

Ao SF Notícias, o secretário de Defesa Civil do município, José Arthur, informou que o rio atingiu a marca de 4 metros e 99 centímetros, sendo que a cota de transbordo é de 3 metros e 60 centímetros. Hoje, no final da manhã, ainda havia alguns pontos inundados, já que o nível do rio continuava cerca de 07 centímetros acima da cota de transbordo, mas vem baixando gradativamente.

Nos locais onde não há mais água, a prefeitura iniciou o trabalho de limpeza. Um gabinete de crise envolvendo todas as secretarias do município foi montado na sede da Secretaria de Assistência Social para atender as demandas dos moradores. Imagens áreas que circulam nas redes sociais mostram como ficou o município durante a inundação.

continua após o vídeo

Ainda em Aperibé, a ponte que liga o município às localidades de Funil e Frecheiras, em Cambuci, foi interditada na tarde desta terça-feira pela Defesa Civil, por motivos de segurança. Ainda de acordo com a Defesa Civil, a interdição se deu por precaução, a pedido do próprio DER-RJ. A ponte será vistoriada nesta quarta por uma equipe do Departamento de Estradas de Rodagem.

Veja mais vídeos e imagens da cheia em Aperibé em nosso Insta > @sfnoticias

VEJA MAIS

VEJA MAIS