Centro de Covid de São Fidélis volta a ficar sem pacientes; idosa de 76 anos venceu a doença e recebeu alta

Desde o dia 29 a UTI do setor de Covid estava vazia; agora, a enfermaria também está vazia

Pela segunda vez, desde o início da pandemia, o Centro de Combate ao Coronavírus, anexo ao Hospital Armando Vidal, em São Fidélis, no Norte Fluminense, está sem pacientes. Isso mesmo, todos os leitos da enfermaria e da UTI destinados aos moradores diagnosticados ou com sintomas da doença estão vazios, pelo menos até o fechamento dessa publicação.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A primeira vez que isso ocorreu foi no dia 29 de julho, quando a unidade chegou a ficar boa parte do dia sem pacientes, mas no final daquele dia, uma idosa, de 76 anos, deu entrada no Centro. Ela ficou internada até a manhã desta terça, quando recebeu alta após vencer a Covid-19. Dias antes, a UTI do setor de Covid chegou a ficar mais de 48 horas vazia, mas no dia 22 ela voltou a receber um paciente. Só que no dia 29 a UTI voltou a ficar vazia e havia apenas uma paciente internada na enfermaria, que recebeu alta nesta terça.

Desde o início da pandemia São Fidélis já registrou 4.494 casos positivos de Covid-19. Desse total, 4.353 moradores já se recuperaram e 125 perderam a vida. Até a última sexta-feira (30), 23.324 moradores já haviam sido vacinados com a primeira ou dose única contra a Covid-19, e 10.916 já haviam recebido as duas doses.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Hítalla Valentim, pode-se afirmar que a queda no número de internações de moradores com suspeita ou diagnosticados com Covid está relacionada ao avanço da vacinação no município. “A vacina sempre foi a melhor alternativa, com comprovação científica para diminuição ou erradicação de doenças virais”, disse Hítalla.

VEJA MAIS

VEJA MAIS