CEDAE doa 3 mil mudas, de mais de 30 espécies da Mata Atlântica, para Itaocara As mudas serão utilizadas pela Secretaria de Meio Ambiente para a restauração de áreas do município que sofreram ações de queimadas nos últimos meses

As mudas serão utilizadas pela Secretaria de Meio Ambiente para a restauração de áreas do município que sofreram ações de queimadas nos últimos meses

Fotos: CEDAE

Mais 3 mil mudas foram doadas pela CEDAE, por meio do programa Replantando Vida, para ações de reflorestamento no interior do Estado do Rio. Nesta terça-feira (06/10) foi a vez do município de Itaocara, no Noroeste Fluminense. São mudas de mais de 30 espécies da Mata Atlântica que serão utilizadas pela Secretaria de Meio Ambiente de Itaocara para a restauração de áreas do município que sofreram ações de queimadas nos últimos meses. As plantas foram cultivadas nos sete viveiros mantidos pela Companhia, que conta com a mão de obra de apenados do regime semiaberto. Eles integram o programa Replantando Vida, fruto de convênio firmado entre a CEDAE e a Fundação Santa Cabrini (FSC). (continua após a publicidade)

São aroeiras, araçás, uvaias, ipês, angico vermelhos, bracatingas, garapeiras, pitangueiras, tamanqueiras, sibipirunas, juçaras e grumixamas, entre outras. Com a doação em Itaocara, chega a 73,7 mil o número de mudas distribuídas pela CEDAE somente este ano para atividades de reflorestamento em 25 municípios do Estado do Rio. Municípios e instituições interessadas em estabelecer parcerias para atividades de reflorestamento podem entrar em contato com a Companhia pelo e-mail [email protected].

Mais do SFn