Casas desabam e moradores se ferem durante fortes chuvas em Campos: mais de 85 mm

Pluviômetro instalado no Cidade Luz registrou 85,6 mm de chuva, volume 17 vezes maior que os 5 mm previstos para as 24 horas dessa segunda
Fotos: Divulgação

Como havia alertado o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) choveu forte em cidades do estado do Rio de Janeiro entre a noite desta segunda (16) e madrugada desta terça (17). Em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, no intervalo de duas horas e meia, entre às 23h30 de segunda-feira e às 2h desta terça, o volume de chuva registrado pela Secretaria de Defesa Civil em alguns pontos foi maior que o dobro da média de todo o mês de agosto de 2020 (33,17mm). O pluviômetro instalado no Cidade Luz registrou 85,6mm de chuva, volume 17 vezes maior que os 5mm previstos para as 24 horas da última segunda-feira. Os outros dois pontos que registraram maior incidência foram Dores de Macabu (73,2mm) e Jardim Carioca (48,8mm). O Secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto, está realizando vistoria em diversos pontos da cidade.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Durante as fortes chuvas, duas casas no mesmo terreno desabaram no Parque Lebret. Segundo a Prefeitura, três membros da família sofreram ferimentos leves durante o incidente, foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros e acolhidos por vizinhos. A equipe de engenharia da Defesa Civil foi ao local fazer uma avaliação do imóvel e os encaminhamentos necessários. Já em relação a alagamentos, a Secretaria recebeu chamados de moradores dos bairros Jardim Carioca, Julião Nogueira, Centro e Novo Jóquei.

“Apesar de boa parte do município de Campos ser uma planície e, por isso, o escoamento ser relativamente mais lento, pela manhã quase todos os pontos já haviam retomado a normalidade” – informou a Prefeitura. Em casos de alagamentos, a população deve acionar a Defesa Civil a qualquer hora do dia ou da noite pelos telefones 199 ou (22) 98175-2512. Até o momento, não há previsão de chuva pra esta terça-feira (17). Ao longo do dia, os dados serão atualizados pela Defesa Civil.

VEJA MAIS

VEJA MAIS