Casal que percorre o Brasil em Kombi há 4 anos passa por Trajano, Madalena, Macuco, Cordeiro e Cantagalo

O casal Lua e Dimas, que nessa aventura leva ainda a cadela Chilli, e o gato Zéfiro, já passou por 17 estados brasileiros e centenas de cidades

Desde pequena, a carioca Luana, a Lua, adora viajar e ainda criança começou a juntar dinheiro para um dia comprar um veículo e viver na estrada. Após 20 anos, ela conseguiu realizar o sonho e comprou a Kombi que já veio personalizada com o dizer “Sem Destino”. Após se casar com o Dimas, que é de São Sebastião do Alto, ela convenceu o marido a embarcar nessa aventura. “A Kombi é uma safari, modelo criado pela Karmann Ghia, o único motorhome produzido em série no Brasil. Ela é ano 83 e está toda original. Fizemos somente algumas alterações pontuais para facilitar nossa vida na estrada. O nome da Kombi, Sem Destino, reflete bem nosso objetivo!” – conta Dimas.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Recentemente o casal passou quase duas semanas na cidade de Santa Maria Madalena. Eles também passaram por Conceição de Macabu e Trajano de Moraes, onde visitaram atrações turísticas da região, como a Cachoeira do Graças a Deus, Cachoeira da Amorosa, a represa em Trajano e a Cachoeira da Fumaça. Eles também passaram por Macuco, Cordeiro e nesta sexta-feira (18) estão em Cantagalo. “Geralmente definimos somente a direção, agora por exemplo estamos indo pro Sul, mas o roteiro pra seguir não existe. Vivemos por quase 4 anos desse jeito, assim passamos por 17 estados brasileiros e centenas de cidades. Claro que existem cidades que gostaríamos de conhecer, então com base na localização dessas cidades moldamos a rota e vamos parando nas cidades do caminho.  Para conhecer e trabalhar. Uma vez na cidade não temos um período pré-determinado para ficar, o que determina esse tempo é a atmosfera local, o trabalho e a amizade que fazemos. Por exemplo, em Porto de Galinhas planejamos ficar uma semana e ficamos um dia apenas, já em Fortaleza dos Nogueira, cidade do Maranhão, paramos para passar a noite e ficamos 1 mês! Foi um lugar onde conseguimos trabalhar, deixamos muitos amigos e passeamos pelas cachoeiras e rios de lá” – relata Dimas.

O casal, que nessa aventura leva ainda a cadela Chilli, e o gato Zéfiro, novo integrante da família que foi adotado em Macaé, vive de música e do artesanato. “Para a venda do artesanato, montamos uma lojinha na kombi. Fazemos voz e violão, na maioria das vezes na rua, passando chapéu. Nós realmente vivemos, cozinhamos e dormimos na kombi, mas às vezes recebemos convites (para ficar em algum local), o que mais gostamos é sermos convidados para tomarmos banho e lavar roupa, já que água é difícil pra gente” – ressalta Dimas. Para o casal, a motivação para seguir sem destino na estrada é a liberdade de estar a cada dia em um local diferente, e poder conhecer novos lugares com novas culturas e cores, fazer novos amigos e provar novos sabores. “É um aprendizado diário viver na estrada! Somos uma família nômade (eu Dimas, minha esposa Lua, nossa cachorrinha Chilli e agora um gato chamado Zéfiro) todos na kombosa Sem Destino!” – frisa. Para acompanhar a família basta seguir nas redes sociais: Facebook AQUI e Instagram AQUI.

VEJA MAIS

Homem é preso transportando maconha em Itaocara

Ele foi abordado após policiais terem recebido denúncias de que um homem que havia saído da prisão recentemente e que estaria no regime semiaberto, estaria realizando tráfico de drogas

VEJA MAIS

Homem é preso transportando maconha em Itaocara

Ele foi abordado após policiais terem recebido denúncias de que um homem que havia saído da prisão recentemente e que estaria no regime semiaberto, estaria realizando tráfico de drogas