Campos contabiliza 1.792 casos de Covid-19, sendo 107 mortes; comércio de rua reabre nesta semana A partir de quarta o comércio de rua fica liberado, inclusive no Centro do município. Todos os estabelecimentos terão que controlar a entrada e saída dos consumidores, além de seguir regras de higienização

A partir de quarta o comércio de rua fica liberado, inclusive no Centro do município. Todos os estabelecimentos terão que controlar a entrada e saída dos consumidores, além de seguir regras de higienização

Foto: Secom Campos

Mais 10 casos de coronavírus foram confirmados em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, neste domingo (29/06). Dentre os novos casos, está um óbito, de um homem de 96 anos com comorbidades. Segundo o Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, o município contabiliza 1.792 casos confirmados da doença, sendo 107 óbitos. Desse total, 615 moradores já se recuperaram. Há ainda sob investigação 18 óbitos, 5.422 casos de Síndrome Gripal (SG) e 247 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Outros 1.402 casos foram descartados. No sábado (27), o Prefeito Rafael Diniz, que foi diagnosticado com coronavírus na última semana, informou que até esta terça (30) Campos permanecerá na fase laranja do plano de retomada das atividades econômicas e sociais, o “Campos Daqui Para Frente”. Já na próxima quarta-feira (1º), o município entra na fase amarela, permanecendo até o dia 12 quando nova avaliação será feita. (continua após a publicidade)

Segundo a Prefeitura, no nível amarelo, o comércio de rua fica liberado, inclusive no Centro e todos os estabelecimentos comerciais terão de controlar a entrada e saída dos consumidores, além de seguir regras de higienização. Estão liberados: salões de beleza e estética, barbeiros, cabeleireiros e manicures. Lojas de automóveis e concessionárias também voltam a funcionar. Além disso, igrejas e templos religiosos ficam autorizados a funcionar com limite de 30% da capacidade e distância mínima de 2 metros entre as pessoas. O prefeito também informou que shoppings estão passando por adaptações para que sejam incluídos na fase amarela, mas ainda não está permitida a reabertura.

Mais do SFn