Cambuci e Itaperuna superam 100% de aumento no número de casos de Covid-19 em uma semana

Cambuci fechou a última semana com aceleração de 185,7% dos novos casos em comparação com os sete dias anteriores, entre 26 de julho e 1º de agosto
Dados são do Painel Covid-19 Norte e Noroeste

Cambuci e Itaperuna, municípios do Noroeste Fluminense, apresentaram um aumento superior a 100% no número de casos confirmados do novo coronavírus na última semana, entre os dias 02 de agosto e o sábado (08), segundo levantamento do Painel Covid-19 Norte e Noroeste Fluminense com base nos dados divulgados pelas prefeituras. A análise mostra uma clara diferença entre as duas regiões. Para este levantamento, o Painel utiliza como critério para aceleração da pandemia os municípios que tiveram mais de dez casos em uma semana. Cambuci fechou a última semana com aceleração de 185,7% dos novos casos em comparação com os sete dias anteriores, entre 26 de julho e 1º de agosto. O município é o único das duas regiões sem confirmar nenhuma morte – o boletim da Secretaria Estadual de Saúde apresenta um óbito – e também é o que possui o menor número de pacientes diagnosticados com a doença (116). No entanto, a cidade do Noroeste Fluminense passou de sete casos confirmados, entre 26 de julho e 1º de agosto, para 20 na semana passada. Com isso, a cidade chegou aos 116 infectados e foi a última da região a ultrapassar a marca dos 100 pacientes. (continua após a publicidade)

A situação de Itaperuna também causa preocupação. A maior cidade do Noroeste Fluminense saltou de 147 para 316 novos casos de Covid-19 na última semana e registrou uma aceleração de 115%. Esta é a segunda pior semana desde o início da pandemia, atrás apenas dos 339 registros entre 21 e 27 de junho. Os 316 casos confirmados também superaram os 273 de Macaé e os 255 de Campos, fazendo de Itaperuna o município de toda a região com a maior quantidade de infectados na última semana. É a primeira vez desde o início da pandemia que a cidade do Noroeste –  mesmo com quatro e cinco vezes menos habitantes, respectivamente –  fica à frente das outras duas no levantamento semanal. A boa notícia é que Itaperuna apresentou a terceira semana seguida com redução na quantidade de mortes causadas pelo coronavírus. De 11 óbitos, entre 12 e 18 de julho, o índice caiu para nove, entre 19 e 25 de julho; depois para sete, entre 26 de julho e 1º de agosto; e para quatro, entre 02 e 08 de agosto.

VEJA MAIS

VEJA MAIS