Buracos, prejuízos e acidentes; usuários reclamam das condições da RJ-186, entre Pádua e MG

Em agosto, durante visita a São Fidélis, o governador Cláudio Castro anunciou um investimento na ordem de R$ 150 milhões em obras na RJ-186. Ele disse também que a rodovia não terá mais pedágios

As péssimas condições da RJ-186 vêm gerando inúmeras reclamações por parte de moradores de distritos e localidades de Santo Antônio de Pádua, e de usuários da rodovia. As reclamações são quanto ao trecho entre Pádua e a divisa com Pirapetinga, em Minas Gerais. São inúmeros buracos, que crescem a cada dia, e provocam acidentes e prejuízos nos veículos de quem trafega pela rodovia.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Um morador e usuário da rodovia entrou em contato com a nossa redação. Ele passava pela rodovia na parte da noite e não conseguiu desviar de um buraco, e acabou tento prejuízo. A roda da moto teve uma rachadura e entortou. “A gente não aguenta mais ter prejuízos”, disse. Nas redes sociais diversos outros moradores reclamam das condições da estrada. Ainda segundo os moradores, acidentes já aconteceram devido à grande quantidade de buracos.

continua após a imagem

Em agosto, durante visita em São Fidélis, o governador Cláudio Castro anunciou um investimento na ordem de R$ 150 milhões em obras na RJ-186, entre a divisa do RJ com Pirapetinga (MG), passando por Santo Antônio de Pádua, e a divisa de Bom Jesus do Itabapoana (RJ) com o Espírito Santo. Cláudio Castro anunciou também que a rodovia não será mais concedida a iniciativa privada como estava previsto, ou seja, não terá mais pedágio.

Segundo os moradores, as obras até começaram, mas nada foi feito ainda para pelo menos diminuir a quantidade de buracos, para evitar mais prejuízos aos usuários e possíveis novos acidentes. De acordo com os moradores, no momento máquinas trabalham fazendo escavações e terraplanagem próximo a Marangatu.

VEJA MAIS

VEJA MAIS