Bom Jardim e Cantagalo confirmam novas mortes por Covid-19

Cordeiro e São Sebastião do Alto também confirmaram novas mortes nesta segunda-feira

Os municípios de Bom Jardim e Cantagalo, na Região Serrana do Rio, confirmaram, nesta segunda-feira (05/04), novas mortes de pacientes diagnosticados com coronavírus. Em Bom Jardim o número de mortes confirmadas desde o início da pandemia passou para 20. A vítima é uma mulher. Segundo a prefeitura, 1.271 casos de Covid-19 já foram confirmados no município, sendo que 1.052 moradores já se recuperaram. Nesse momento há 199 casos ativos, sendo que dez pessoas estão internadas. Nove delas estão em Bom Jardim e uma foi transferida para outro município.

Já em Cantagalo o número de mortes confirmadas desde o início da pandemia subiu para 27. A vítima é um idoso com faixa etária entre 70 a 79 anos. Entre os casos confirmados nesta segunda-feira em Cantagalo está de uma menina com menos de 10 anos, além de um menino e uma menina com idades entre 10 a 19 anos. Desde o início da pandemia a Prefeitura de Cantagalo confirmou 1.736 casos de Covid-19, sendo que 1.588 moradores já recuperaram e 27 perderam a vida. Nesse momento há 121 casos ativos, sendo que três pessoas estão internadas, sendo uma em Cantagalo e duas em outro município.

Os municípios de Cordeiro e São Sebastião do Alto também confirmaram novas mortes nesta segunda-feira. Em Cordeiro, o número de mortes confirmadas desde o início da pandemia subiu para 23. Já o número de casos chegou a 2.036, sendo que 1.968 moradores já se recuperaram. Nesse momento há 45 casos ativos. Dois moradores estão internados.

Em São Sebastião do Alto duas novas mortes foram confirmadas. Até o dia 29 de março, quando havia sido divulgado o último boletim, o número de mortes era 16. No boletim divulgado nesta segunda esse número passou para 18. Segundo a prefeitura, desde o início da pandemia foram confirmados 435 casos de Covid-19 em todo o município, sendo que 402 moradores já se recuperaram e 18 perderam a vida. Nesse momento há 15 casos ativos e duas pessoas estão internadas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS