Bloqueio atmosférico vai impedir chegada de frentes frias nos próximos dias, prevê Climatempo Bloqueio atmosférico deverá persistir até o final da primeira quinzena de agosto, segundo a Climatempo. Depois disso, uma frente fria deve avançar sobre o Sul do Brasil e conseguir provocar chuva em áreas do Sudeste

Bloqueio atmosférico deverá persistir até o final da primeira quinzena de agosto, segundo a Climatempo. Depois disso, uma frente fria deve avançar sobre o Sul do Brasil e conseguir provocar chuva em áreas do Sudeste

Fotos: SF Notícias

O mês de agosto até começou com temperaturas amenas na região. No sábado (01/08) a máxima não passou de 26°C em muitas cidades. Mas, pelo menos até o dia 15, a maioria das áreas do Rio de Janeiro deve ter vários dias de sol forte, com temperaturas elevadas para os padrões de inverno e quase sem expectativa de chuva, prevê a Climatempo. Segundo meteorologistas do portal, durante este primeiro fim de semana de agosto, um sistema de alta pressão atmosférica começou a estabelecer um bloqueio atmosférico sobre o Sudeste do Brasil, que irá impedir a chegada de frentes frias à Região pelo menos até o dia 15. Até quarta-feira, as temperaturas ainda devem continuar amenas, sem passar de 27°C, já que a massa de ar frio que passou pelo Rio ainda consegue empurrar o ar de origem polar sobe o estado. A partir de quinta, as temperaturas voltam a se aproximar de 30°C, mas continuam amenas durante a noite, madrugada e início da manhã. (continua após a publicidade)

Segundo a Climatempo, apesar do predomínio ser de tempo seco na maior parte do Sudeste, o posicionamento do sistema de alta pressão atmosférica em superfície, associado ao bloqueio atmosférico, deve manter o transporte de umidade para algumas áreas do leste da região. “Por isso, não se pode descartar a possibilidade de chuva fraca em algumas áreas do norte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e em áreas dos vales do Rio Doce e Jequitinhonha, em Minas Gerais” – informa o portal. Esse bloqueio atmosférico deverá persistir até o final da primeira quinzena de agosto, e depois disso, uma frente fria deve avançar sobre o Sul do Brasil e conseguir provocar chuva em áreas do Sudeste.

Mais do SFn