Bebê agredido em São Fidélis permanece grave, mas apresenta evolução clínica

Segundo a unidade hospitalar, foi introduzida uma dieta por sonda e o bebê não precisou passar por outras intervenções até o momento

A assessoria de comunicação do Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes, onde está internado o bebê de apenas dois meses que foi agredido pelo próprio pai em São Fidélis, divulgou nesta terça-feira (06/04) um novo boletim sobre o estado de saúde do menino. De acordo com a unidade hospitalar, a criança permanece internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica, porém está estável e apresenta uma evolução clínica. Foi introduzida uma dieta por sonda e o bebê não precisou passar por outras intervenções, como cirurgia, por exemplo. Em vídeo publicado no domingo de Páscoa (04/04) o tio do bebê havia informado que ele perdeu o rim direito e metade do esquerdo. A informação não foi confirmada pela unidade hospitalar, que informou que a criança “mantém os rins”, mas destacou que o bebê sofreu várias lesões internas, e os médicos ainda estão avaliando a evolução clínica dele.

continua após o vídeo

https://www.instagram.com/p/CNVgKgUBOq-/

Agnaldo Rangel, tio do menino disse que não são necessárias mais doações de sangue para ele. No domingo de Páscoa, 44 pessoas se mobilizaram e foram até o Hemocentro Regional para doar em nome da criança. Nesta segunda ele alertou aos moradores de São Fidélis e região que se sensibilizaram com o caso que estariam sendo feitos falsos pedidos de ajuda usando o nome do bebê. Pessoas estariam pedindo itens como fraldas e alimentos, e até mesmo dinheiro. “Não estamos pedindo nada disso, a gente só quer oração. A gente só quer que ore por ele. O que eu for pedir, se precisar, por ele, eu mesmo vou pedir. A gente não tá pedindo nada além de oração” – disse o tio do menino, reveja AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS