Balão com cerca de 26 metros chama atenção de moradores e cai em Macuco

Vale lembrar que soltar balão é crime. De acordo com a PM, com a chegada de uma guarnição, várias pessoas que estavam próximas ao balão fugiram. O balão foi levado para a delegacia de Cordeiro

Um objeto repleto de luzes no céu chamou a atenção de moradores de Macuco na noite desta quarta-feira (17). Era um balão todo iluminado, que chegou a assustar alguns moradores. De acordo com informações publicadas em alguns perfis nas redes sociais, o balão teria cerca de 26 metros. Ele teria sido solto em Campo Grande, bairro da Zona Oeste do Rio, e percorreu quilômetros até o município da Região Serrana, onde caiu.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

“Levamos um susto; do nada, céu escuro e veio muitas luzes todas juntas e ficava parado…. vários pensamentos do além”, comentou uma moradora em uma publicação em uma rede social. “Todos achando que era disco voador”, comentou outro morador. O balão caiu em uma propriedade no bairro Santos Reis. De acordo com a Polícia Militar, com a chegada da guarnição, várias pessoas que estavam próximas ao balão fugiram. O balão foi apreendido e levado para a 154ª Delegacia de Polícia de Cordeiro.

continua após a imagem

Aqui no interior do estado não é comum ver balões igual na capital ou na Região Metropolitana, mesmo sendo proibido, mas às vezes, balões soltos por lá aparecem por aqui. Em 2018, por exemplo, um balão solto em São Gonçalo caiu no Colégio Estadual Barão de Macaúbas, em São Fidélis.

Vale lembrar que soltar balão é crime previsto na Lei de Crimes Ambientais que proíbe a “fabricação, venda, transporte ou soltura de balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano”. O artigo prevê prisão de um a três anos e multa.

Linha Verde recebe denúncias de crimes ambientais
Moradores da região podem ajudar no combate aos crimes ambientais. Basta fazer denúncias para o Programa Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente, através dos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. Por essa modalidade, o denunciante pode enviar fotos e vídeos, com a garantia do anonimato. É possível denunciar também através da página do Linha Verde no Facebook, www.facebook.com/linhaverdedd ou ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br). Lembrando que em todos os canais o anonimato é garantido ao denunciante.

VEJA MAIS

VEJA MAIS