Aves que seriam vendidas no tráfico de animais são devolvidas à natureza através do Parque do Desengano

Os 38 pássaros foram resgatados nos municípios de Itaocara e Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense

O Instituto Estadual do Ambiente (INEA), através do Parque Estadual do Desengano, promoveu durante a primeira semana de 2021 a soltura de mais de 30 pássaros que seriam vendidos no tráfico de animais silvestres. Entre as aves resgatadas nos municípios de Itaocara e Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, estavam 24 Coleiros (Sporophila caerulescens), cinco Tizius (Volatinia jacarina), três Trinca-ferros (Saltator similis), quatro Canários-da-terra (Sicalis flaveola), um Tico-Tico (Zonotrichia capensis) e um Galinho-da-serra (Rupicola rupicola).

continua após o vídeo

Os 38 pássaros foram devolvidos à natureza. O INEA ressalta que denúncias de crimes ambientais em todo o Estado do Rio podem ser feitas pelo Linha Verde por meio dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local), 2253-1177 (capital), ou através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia Rio”, onde usuários com sistema operacional Android ou iOS podem denunciar anexando fotos e vídeos, com a garantia de anonimato.

VEJA MAIS

VEJA MAIS