“Aventura Animal”: Preguiça, Onça-parda, Jaguatirica e outros animais são flagrados na Mata do Posto, em Cordeiro

Em Cordeiro a pesquisa se concentra na APA, que está localizada em um dos biomas mais ricos do planeta, a Mata Atlântica. Projeto também é realizado em Nova Friburgo, Madalena e Bom Jardim

Apesar dos incêndios, desmatamentos e outros tipos de intervenção humana que afetam a fauna e flora da região, a natureza segue lutando por seu espaço. A cada novo registro de armadilhas fotográficas instaladas na Área de Proteção Ambiental Municipal da Mata do Posto Zootécnico, em Cordeiro, além de pontos de Nova Friburgo (Caledônia), Santa Maria Madalena e Bom Jardim, através do projeto “Aventura Animal”, cresce a esperança de que cada vez mais animais ainda podem ter nossa região como lar. Em Cordeiro já são diversos registros; da Onça-parda (puma concolor), segundo maior felino do continente americano, que está ameaçado de extinção pelo avanço da ação humana; Cachorro-do-mato, Caxinguelê, Jaguatirica, Jacu, Paca, Ouriço, entre outros.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

continua após a imagem

O projeto, que começou em janeiro desse ano, idealizado pelo ambientalista Juran Santos com apoio do Franco Carlos Estebanez, que é natural de Cantagalo, mas vive em Cordeiro desde que nasceu, favorece o conhecimento biológico do bioma da Mata Atlântica no centro urbano de Cordeiro, e as imagens são importantes ferramentas para a conscientização da população quanto aos cuidados com a fauna e flora da região. O projeto tem apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Cordeiro, através do secretário Paulo Roberto de Araújo Silva.

A pesquisa se concentra na APA, que está localizada em um dos biomas mais ricos do planeta, a Mata Atlântica. A área tem 126 hectares, que correspondem a 1.260.000 m², fazendo limite com a comunidade da vila, com 68 casas do Posto Zootécnico, Escola Municipal Jardim de Infância Eny da Costa Soares, CIEP, Bairro São Luiz, Bairro Iperj, Bairro Santo Antônio, Sítio Magnus, Chácara Fonte do Amor e Usina de Beneficiamento SM 4 Indústria e Comércio de Laticínios Ltda. Juran também foi o idealizador do projeto que foi realizado e já concluído na Reserva ecológica de Guapiaçu (REGUA), em Cachoeira de Macacu.

Para registrar os animais são utilizadas câmeras Bushnell (‘camera-trap’) que são as melhores para vídeo de trilha de baixo brilho; sua resolução, velocidade de disparo, brilho de LED e o alcance de flash são ideais para o trabalho. As câmeras foram instaladas em alguns pontos identificados como trilhas interessantes de animais, após levantamento de cerca de dois anos na região. Nesta semana o guia turístico, Bernardo Esteves, que também participa do projeto “Aventura Animal” flagrou uma enorme preguiça num ponto turístico que foi revitalizado recentemente em Cordeiro, o Cruzeiro da Paz. Em seus movimentos lentos, a preguiça vai subindo em uma árvore, sem se preocupar em estar sendo filmada. Confira alguns dos registros:

https://www.instagram.com/p/CTGXjvhDugn/

VEJA MAIS

VEJA MAIS