Após 14 dias na UTI da Covid-19, funcionário do Armando Vidal, em São Fidélis, recebe alta Carlos Maia vai continuar a recuperação em casa. Ele foi aplaudido por muitos funcionários ao deixar a unidade

Carlos Maia vai continuar a recuperação em casa. Ele foi aplaudido por muitos funcionários ao deixar a unidade

Foto: SF Notícias

São Fidélis é o terceiro com maior número de casos confirmados oficialmente de Covid-19 entre os municípios do Norte e Noroeste Fluminense, perdendo apenas para Macaé e Campos. Mas, por outro lado, São Fidélis também tem um alto índice de pacientes que já se recuperaram da doença. Eles passaram por um novo teste e testaram IgG (indicando que há presença de anticorpos produzidos para combater o vírus) e não apresentam mais nenhum sintoma ou sinais da doença. Muitos deles só descobriram que haviam contraído o vírus quando já estavam em processo de cura, ou seja, eram assintomáticos. Segundo o último boletim divulgado pela prefeitura, do total de 162 casos confirmados, 116 já se recuperaram. (continua após o vídeo)

Dez pessoas permanecem internadas no Hopsital Armando Vidal. Também há aqueles que estão se recuperando em casa. Neste sábado (23/05), mais um paciente que estava internado deixou o Centro de Combate ao Coronavírus. Carlos Maia, que trabalha no setor de Raio X do Hospital Armando Vidal estava internado desde o último dia 09, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Centro de Combate ao Coronavírus, que foi montado onde funcionava o centro médico do hospital. Ao deixar a unidade ele foi aplaudido por diversos funcionários que, com balões, formaram um corredor para homenagear o colega de trabalho que agora irá terminar a recuperação em casa. Ele era o último funcionário do hospital, diagnosticado com Covid-19, que permanecia internado.

Mais do SFn