Ao invés de fazer o recapeamento prometido, DER pinta faixas dentro de buracos na RJ-192 entre São Fidélis e Itaocara

No ano passado, durante a visita de Wilson Witzel em Itaocara, o presidente do DER disse que a recuperação da RJ-192 era uma obra prioritária, mas até hoje ela não saiu do papel. A rodovia estava há anos sem sinalização, e para os usuários, a prioridade era o recapeamento, e não pintar faixas em buracos
Rodovia cheia de buracos aguarda pelo sonhado recapeamento

Há anos o SF Notícias vem mostrando a situação precária da RJ-192, entre os municípios de Itaocara e São Fidélis. Moradores já chegaram a fechar a rodovia em protesto e outros usaram até recursos próprios para tapar alguns buracos. Teve aqueles que também usaram terra para tapar os buracos mais críticos. É buraco em cima de buraco! Aliás, o que não falta nos seus 27 quilômetros de extensão é buraco, mas falta manutenção da pista, corte da vegetação em suas margens e sinalização, tanto vertical como horizontal. Bem, a horizontal já não falta mais; por anos a rodovia ficou sem nenhuma sinalização, mas, agora, o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER-RJ) contratou uma empresa para fazer as faixas da rodovia. As faixas foram feitas inclusive dentro de buracos. O caminhoneiro Maycon Omecias, que passa pela rodovia, disse que foram criadas as faixas 3D. “Agora se você estourar um pneu, pelo menos você vai saber se estourou do lado direito ou do lado esquerdo. Tem faixa que é 3D. Ela vai, passa dentro do buraco e saiu do outro lado”, disse ele em um vídeo. (continua após o vídeo)

Ao longo do ano passado o DER anunciou, por algumas vezes, que iria fazer o recapeamento da rodovia. Um desses anúncios foi feito em novembro, durante a visita do governador Wilson Witzel a Itaocara, para anunciar o recapeamento do trecho da RJ-158 que liga os municípios de Itaocara e Cambuci. Naquele dia o presidente do DER, Uruan Cintra de Andrade, disse a equipe de reportagem do SF Notícias que a recuperação da RJ-192 era uma obra prioritária para a região. “Nessa RJ, não é nem mais o caso de se tapar buracos somente. É uma obra prioritária para a região. Ela é muito importante porque ela liga à CEASA, vai até Ponto Pergunta. Isso é muito importante para a gente. É importante ter a estrada muito bem, óbvio que hoje ela está num estado deplorável. Vamos tentar de todas as formas fazer agora um paliativo para em janeiro/fevereiro estarmos entrando com recapeamento”, disse ele. Até hoje, a obra que era importante não aconteceu, e a recuperação do trecho da RJ-158 entre Itaocara e Cambuci anda a passos de tartaruga. O SF Notícias entrou em contato com a assessoria de imprensa do DER para questionar quando de fato o recapeamento será feito, e porque não esperou o recapeamento para depois não ter que refazer a sinalização e gastar mais dinheiro público, já que a RJ-192 estava sem sinalização há anos. Também questionamos o valor gasto nessa sinalização, e aguardamos um posicionamento.

VEJA MAIS

VEJA MAIS