terça-feira , 20 outubro 2020

Anvisa suspende três lotes de canela em pó com pelo de rato Agência proibiu a comercialização, distribuição e fabricação pois fragmentos de pelo podem representar risco à saúde

Agência proibiu a comercialização, distribuição e fabricação pois fragmentos de pelo podem representar risco à saúde

Fotos: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta sexta-feira (03/02) a venda e fabricação de três lotes de canela em pó de diferentes marcas por apresentarem fragmentos de pelo de rato.

Foram suspensos os lotes 3855 com validade até 23/08/2018 da marca Fã, de 30g, o lote 1607 válido até 1/07/2018 da marca Sacy e o lote 01/06MP válido até 12/04/2017 da marca Pachá.

Segundo a Anvisa, o problema com os produtos foi identificado pela Diretoria de Vigilância em Alimentos do Estado de Minas Gerais (DVA-MG) que enviou um Laudo de Análise Fiscal comprovando a presença de matérias estranhas.

Como este tipo de falha pode representar risco à saúde humana, a agência determinou a proibição da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e o uso dos alimentos em todo o território nacional.

 

Mais do SFn