Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra a Covid-19

Foram aprovadas as vacinas CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan junto ao laboratório Sinovac, e AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford com a Fiocruz

Em reunião extraordinária que ocorre neste domingo (17/01) a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial de vacinas contra a Covid-19. Foram aprovadas as vacinas CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan junto ao laboratório Sinovac, e AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford com a Fiocruz. Com a autorização, as vacinas poderão ser aplicadas na população brasileira. A reunião conta com os cinco diretores da Anvisa e para a autorização do uso emergencial das vacinas eram necessários três votos. Além de Meiruze Freitas, relatora dos pedidos, Cristiane Jourdan, Alex Campos, Romison Rodrigues deram parecer favorável. Outro diretor ainda apresentará seu parecer.

Os votos dos diretores seguiram as recomendações de três áreas técnicas da Anvisa: a Gerência-Geral de Medicamentos, a Coordenação de Inspeção e Fiscalização de Insumos Farmacêuticos e a Gerência-Geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária. As áreas técnicas afirmam que aprovaram o uso, mas que será preciso acompanhar a evolução das duas vacinas. A decisão começa a valer a partir do momento em que o laboratório recebe o comunicado da Anvisa por meio de ofício e publicação do resultado no portal da Agência.
Com informações CNN Brasil

VEJA MAIS

VEJA MAIS