Aneel aprova reajuste tarifário de quase 20% na conta de luz de clientes da Energisa Nova Friburgo

Segundo a Aneel, os itens que mais impactaram a correção foram encargos setoriais e custos de compra de energia

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica, a ANEEL, aprovou na última terça-feira (21/06) o reajuste tarifário anual da Energisa Nova Friburgo – Distribuidora de Energia S.A. (ENF). As novas tarifas da empresa, que atende cerca de 112 mil unidades consumidoras, entraram em vigor nesta quarta-feira, 22/06, com reajuste de 19,20% para o consumidor residencial.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Os itens que mais impactaram a correção foram encargos setoriais e custos de compra de energia. Contribuíram para atenuar o reajuste a devolução dos créditos de PIS/Cofins. Confira, a seguir, os índices aplicados no reajuste:

continua após a tabela

Empresa Consumidores residenciais – B1
ENF 19,20%

 

Classe de Consumo – Consumidores cativos
Baixa tensão em média Alta tensão em média Efeito Médio para o consumidor
19,51% 17,78% 19,19%

Para estabelecer a tarifa, a ANEEL considera as despesas desde quando a energia é gerada até a sua entrega na unidade consumidora.  Ainda nesta terça a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o novo reajuste das bandeiras tarifárias, aquelas que aumentam o valor da conta de luz.

Pelo novo reajuste, quando a bandeira amarela for acionada haverá acréscimo de R$ 2,989 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) na conta de luz. A bandeira tarifária vermelha patamar 1 foi atualizada para R$ 6,50 a cada 100 kWh. No caso da bandeira vermelha patamar 2, o valor aprovado pela Aneel é de R$ 9,795 a cada 100 kWh. A bandeira verde, assim como em anos anteriores, não terá custo para o consumidor e servirá para sinalizar condições favoráveis de geração de energia.

VEJA MAIS

VEJA MAIS