Alto risco para Covid: Pádua, Itaocara, Cambuci, Aperibé, Miracema e Itaperuna retornam à bandeira vermelha

Segundo a nota técnica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, o Noroeste Fluminense está entre as regiões que apresentam as maiores taxas de ocupação de UTI. O Norte Fluminense apresenta risco moderado

A 21ª edição do Mapa de Risco da Covid-19 mostra que a situação da pandemia se encontra em risco moderado (bandeira laranja) no Estado do Rio de Janeiro em geral. O Noroeste Fluminense – Aperibé, Cambuci, Itaocara, Italva, Itaperuna, Santo Antônio de Pádua, Varre-Sai, Porciúncula, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, São José de Ubá e Bom Jesus do Itabapoana – que passou para bandeira laranja no mapa divulgado no início do mês, voltou à bandeira vermelha nesta 21ª edição, publicada no dia 12. De acordo com a nota técnica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, as regiões Centro Sul, Noroeste Fluminense, Metropolitana I e Médio Paraíba são as que apresentam as maiores taxas de ocupação de UTI, com 94%, 90%, 87% e 82%, respectivamente. As demais regiões apresentam taxas de ocupação de UTI inferiores a 70%.

As regiões Centro-Sul e Metropolitana I também estão classificadas com risco alto para Covid (bandeira vermelha), e as regiões Médio Paraíba e Norte estão classificadas com risco moderado (bandeira laranja). No último mapa, do dia 04/03 o Norte Fluminense estava em risco baixo, bandeira amarela. As outras regiões, entre elas a Serrana, foram classificadas em risco baixo (bandeira amarela) no novo mapa (12/03). A análise compara a semana epidemiológica 08 (de 21 a 27 de fevereiro) com a 06 (07 a 13 de fevereiro) de 2021. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, o Rio de Janeiro apresentou uma redução do número de óbitos (-29%) e de casos de internações por síndrome respiratória aguda grave (-1%) na comparação do período analisado (21 a 27 de fevereiro com 07 a 13 de fevereiro).

As taxas de ocupação de leitos no estado, na sexta-feira (12), estavam em 75,7% para leitos de UTI e em 56% para leitos de enfermaria. Os resultados dos indicadores devem auxiliar na tomada de decisão dos gestores públicos, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região. A Secretaria de Estado de Saúde informou que, até as 9h desta sexta-feira (12/03), 92 municípios registraram 734.700 pessoas imunizadas com a 1ª dose contra a Covid-19. Destas, 203.413 já receberam a 2ª dose. O balanço foi realizado por meio de busca ativa, a partir da gerência de Imunização da Vigilância Epidemiológica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, junto às coordenações/gerências de imunização dos 92 municípios do estado. O balanço é atualizado diariamente e pode ser acompanhado pelo Portal Covid: https://vacinacaocovid19.saude.rj.gov.br/vacinometro.

VEJA MAIS

VEJA MAIS