Alerj derruba veto e motoristas não terão mais que pagar taxa de emissão do CLRV do Detran

Como o documento deixou de ser emitido em papel moeda, a cobrança dessa taxa já não faz mais sentido. Com a decisão, a Taxa de Licenciamento anual cai de R$ 242 para R$ 172,77

Por 47 votos favoráveis, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) derrubou, nesta quarta-feira (23), sete vetos do governador Claudio Castro (PSC) a projetos aprovados pelo parlamento. Entre eles está o projeto de Lei 4915/2021, que acaba com a taxa de emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CLRV).

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Atualmente a Guia de Regularização de Taxas é composta por duas taxas: a de licenciamento, que custa R$ 173 e a de emissão do documento, que custa R$ 69,23. Desde 2020, esse documento deixou de ser emitido em papel moeda, e é a justificativa para acabar com a taxa. Segundo o autor do projeto, o deputado Luiz Paulo (Cidadania), a cobrança dessa taxa de emissão já não faz mais sentido desde 2020, quando o CRLV deixou de ser emitido em papel moeda, o que realmente gerava um custo. Desde então, o documento é feito por meio digital.

A decisão da Assembleia Legislativa (Alerj) representa uma economia de R$ 69,23 para o motorista que for fazer o licenciamento anual do veículo junto ao Detran-RJ. Sendo assim, a Taxa de Licenciamento cai de R$ 242 para R$ 172,77.

VEJA MAIS

VEJA MAIS