quarta-feira , 23 setembro 2020

Agricultores familiares de Cordeiro recebem apoio e incentivo da Emater para continuar produzindo em meio à pandemia Técnicos e colaboradores da Emater-Rio seguem dando apoio ao produtor rural de forma remota, por telefone ou vídeo

Técnicos e colaboradores da Emater-Rio seguem dando apoio ao produtor rural de forma remota, por telefone ou vídeo

Fotos: Divulgação (tiradas antes da pandemia)

Durante a pandemia, a produção e comercialização de alimentos, consideradas atividades essenciais, não podem parar. Em Cordeiro, na Região Serrana do Rio, agricultores familiares continuam garantindo sua renda através da venda de alimentos, que compõe inclusive a alimentação de alunos das redes municipal e estadual. Eles estão recebendo apoio da Emater-Rio, que se adaptou diante do isolamento social, e oferece suporte técnico por telefone ou vídeo, auxiliando com orientações sobre os cuidados com animais e plantações durante o período frio, e para o controle de pragas, por exemplo. Na cidade, alguns produtores fazem parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Governo Federal, que oferece alimentação escolar de qualidade e ainda incentiva a produção local. (continua após a publicidade)

Além dos produtores de hortaliças, como couve e alface, frutas, como banana e laranja, ovos caipiras e laticínios, a Emater auxilia ainda produtores de mel e graviola, que em breve estará vendendo a polpa da fruta, entre outros. Para o produtor Rodrigo Tavares (à esquerda na foto ao lado) é gratificante oferecer alimentos de qualidade e principalmente continuar recebendo o apoio da Emater em meio a esse momento de crise. “Estamos muito satisfeitos com a Emater de Cordeiro, com todo o apoio técnico oferecido mesmo no momento de pandemia” – disse. Ele possui um criatório de aves, onde são produzidos ovos caipiras.

Mais do SFn