Acusado de matar mãe, irmã e sobrinho da ex-mulher é condenado a 52 anos de prisão no RJ

Foto: Arquivo Pessoal

Acusado de matar a mãe, a irmã e o sobrinho da ex-mulher, Cristiano Maurício de Castro, de 39 anos, foi condenado a 52 anos e seis meses de prisão em júri popular. A sentença foi proferida na madrugada de hoje (04/05) no município de Conceição de Macabu.

O crime aconteceu em 2013 e chocou moradores da cidade. No dia 2 de março, Cristiano invadiu a casa da família e assassinou a tiros a ex-sogra Mariza Alves, de 59 anos, a ex-cunhada, Simone dos Santos, 39 anos e o sobrinho da ex-mulher, Marcelo dos Santos da Silva, de 17 anos.

A ex-esposa de Cristiano também foi ferida, ela levou um tiro na cabeça, mas sobreviveu. No momento do crime, duas crianças estariam na casa e teriam se escondido.

A acusação indicou que o homem praticou o crime por motivo torpe, por não aceitar o rompimento de seu relacionamento com a vítima, embora mantivesse, simultaneamente, dois outros relacionamentos afetivos.

VEJA MAIS

VEJA MAIS