sexta-feira , 23 outubro 2020

Acusado de homicídio em Cambuci é transferido para presídio em Itaperuna

crime cambuci preso 2
Fotos: Manuela Escala / Adalberto Morais

Mais um dos apontados de serem os autores do crime que chocou os moradores de Cambuci, foi preso pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira(10) em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, e transferido na tarde desta quinta-feira(11) para a Casa de Custódia de Itaperuna.

Carlos Henrique Zanadi Amorim, de 25 anos, que estava foragido da justiça desde o dia 31 de julho, é acusado de ter matado e decapitado Rosemilton de Morares Machado, de 48 anos, conhecido como “Bodinho”.

O corpo da vítima foi encontrado decapitado e boiando 11 de abril desse ano, no Rio Paraíba do Sul, próximo ao centro do município, sendo que Rosemilton estava desaparecido desde o dia oito de abril. O corpo foi encontrado há mais de quatro quilômetros do local onde o crime aconteceu.

Carlos Henrique foi transferido em uma van da Polícia Civil escoltada por uma viatura da delegacia de Cambuci até o Instituto Médio Legal de Santo Antônio de Pádua, onde realizou exame de corpo de delito e em seguida, foi encaminhado para a Casa de Custódia de Itaperuna.

Nossa produção acompanhou com exclusividade a transferência de Carlos Henrique até Pádua. Henrique afirmou que o motivo do crime era porque a vítima ficava se masturbando em frente sua residência e ficava chamando sua filha.

Ainda segundo Carlos Henrique apenas ele teria matado “Bodinho”, e o irmão ajudou apenas a jogar o corpo da vítima dentro do rio. Carlos disse que sua mãe, sua esposa e a sua cunhada não tiveram participação no crime.  Vanessa Barbosa de Souza, de 21 anos, esposa de Carlos Henrique, ainda está sendo procurada pela polícia. Ao longo do dia estaremos postando um vídeo exclusivo do momento em que Carlos Henrique confessou o crime. 

Preso em São Gonçalo acusado de homicídio em Cambuci 

Exclusivo: polícia revela detalhes de crime que chocou Cambuci 

policia civil sao gonçalo

Mais do SFn