Acusado de estuprar menina de 10 anos teria sido morto por traficantes em Miracema

Mãe da criança contou que estava bebendo com o acusado e, que em um determinado momento, ele saiu e voltou um tempo depois com a menina, já enrolada em folhas de jornal
Fotos: SF Notícias

A mãe da criança de apenas dez anos que foi estuprada na noite de sábado (25/11) em Miracema, contou que traficantes teriam matado o acusado de ter abusado de sua filha. A informação foi passada pela Polícia Militar. O estupro aconteceu no bairro Bherto Barros e, a vítima, só conseguiu fugir, porque o acusado estaria bêbado.

Robert Damiani da Silva Aguiar foi encontrado já sem vida na estrada do Sítio do Sombreiro, na zona rural. O corpo foi encontrado por volta das 23 horas, momentos após a menina ter conseguido ajuda de um popular.

Segundo informações da polícia, a mãe da criança contou que estava bebendo com o acusado de estupro e, que em um determinado momento, Robert saiu do local retornando algum tempo depois na companhia de sua filha, que estava enrolada em folhas de jornal.

A polícia informou ainda que uma testemunha disse que integrantes de uma facção criminosa teriam ficado revoltados com o ocorrido e teriam matado Robert por vingança. Ela foi levada para prestar depoimento na delegacia, mas não soube informar os nomes dos possíveis autores do homicídio.

VEJA MAIS

VEJA MAIS