Vídeo: Sirenes da Usina Pureza são acionadas em homenagem ao empresário fidelense Renato Abreu

Na antiga usina estão sendo construídos dois museus; o do Açúcar e o da Música Popular Brasileira, e um um teatro

Mantendo uma tradição usineira, as sirenes da Usina Pureza, que fica na localidade do Angelim, em São Fidélis, foram acionadas em homenagem ao empresário fidelense Renato Ribeiro Abreu, que morreu aos seus 77 anos no último dia 30.

Em homenagem ao empresário, as sirenes serão acionadas durante três dias, neste final de semana, à meia-noite. Comprada por Renato, a antiga usina está sendo totalmente reformada. No local estão sendo construídos dois museus; o do Açúcar e o da Música Popular Brasileira. O espaço também terá um teatro e um Centro de Convivência.

Siga o SF Notícias no Instagram @sfnoticias

continua após a imagem

A expectativa é de que o Museu da MPB tenha um dos maiores acervos da música popular brasileira e de depoimentos históricos de compositores, músicos e letristas. Já o Museu do Açúcar e do Álcool será composto de documentos e de equipamentos operacionais usados em muitas fases do ciclo do açúcar em toda a região.

Renato foi fundador e presidente do Grupo MPE Engenharia, e do Instituto Irla. O fidelense cursou Engenharia Civil na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em Campos, Renato foi proprietário da antiga Usina Sapucaia, arrendada pela Coagro; era também arrendatário da Usina Paraíso e responsável pela franquia da Rádio Band FM Campos. Renato foi apoiador e patrocinador de diversas atividades culturais e religiosas na região.

VEJA MAIS

VEJA MAIS

plugins premium WordPress Clever Analytics