Vídeo: “Coronaman” circula pelas ruas de Friburgo para alertar e conscientizar a população sobre uso de máscara

A campanha é uma iniciativa da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (ACIANF), e chama a atenção para a responsabilidade de todos no combate à pandemia
Homem circulou pelas ruas de Nova Friburgo nesta quinta

A ideia era chamar a atenção da população; e deu certo! Um homem fantasiado de coronavírus virou o centro das atenções ao circular pelas ruas de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, nesta quinta-feira (23/07). Moradores gravaram vídeos que viralizaram nas redes sociais. O objetivo é alertar e conscientizar os friburguenses quanto a importância do uso de máscara. Além da fantasia de coronavírus na cabeça, o homem usava uma camisa com a seguinte frase: “Você não me vê, mas estou sempre por aí. Para eu não te pegar, use máscara”. A ação faz parte da campanha “Botou o Pé na Rua, Bota a máscara” da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (ACIANF). No dia 22 de abril a Prefeitura de Nova Friburgo tornou obrigatório o uso de máscara, mas muitas pessoas insistem em não usar, colocando em risco a própria saúde e dos outros. (continua após o vídeo)

Pela lei regulamentada pelo Governo do Estado, que torna obrigatório o uso de máscara de proteção facial durante a pandemia em espaços públicos, transportes públicos, estabelecimentos comerciais e repartições públicas estaduais, quem descumprir será multado em R$ 700, em caso de pessoas jurídicas, e de R$ 106,65 para pessoas físicas. Segundo a ACIANF, a campanha chama a atenção para a responsabilidade de todos no combate à pandemia. A atenção é voltada ainda para os cuidados básicos de higiene e distanciamento social, recomendados pelas autoridades de saúde, que devem ser aliados ao uso das máscaras e também fornece dicas para melhor utilização dessa proteção. “Não há mais o que se discutir quanto a eficiência das máscaras. Está provado que a probabilidade de contágio cai de muito alta se ninguém usar, para baixa se todos usarem. Então, por que não usar? Todos nós sabemos que é muito difícil aderir a novos hábitos, mas desse não podemos abrir mão. É sério demais para se descumprir. Pode levar ao contágio e até mesmo a morte. Aquele que não usa máscara em local público, desrespeita a si próprio e muito pior, ao outro”, Comenta Roosevelt Concy, diretor executivo da ACIANF e idealizador da Campanha.

Fonte: Redação SF Notícias / ACIANF

VEJA MAIS

VEJA MAIS