Trabalhador morre após passar mal em plataforma da Bacia de Campos

O petroleiro, de 33 anos, chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu

Um trabalhador que estava a bordo da plataforma P-47, localizada na Bacia de Campos, morreu após ter passado mal. Ele chegou a ser socorrido, foi desembarcado por aeromédico, levado para um hospital, mas não resistiu.  Segundo o Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, Carlos Henrique Bispo dos Santos, 33 anos, que trabalhava na CSE – Mecânica e Instrumentação (parte da Aker Solutions do Brasil), estava na unidade desde o dia 9 de maio, sentiu dores abdominais ontem (17), desembarcou, foi hospitalizado em Macaé e não resistiu. Ainda não se sabe a causa da morte.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Em nota o Sindicato disse que está tentando contato com familiares e que vai cobrar uma apuração do caso para investigar o porquê do óbito e a possível relação com o trabalho e com a Covid-19, conforme determina a NR37 no item 37.32 – Comunicação e Investigação de Incidente. “É preciso investigar a morte desse trabalhador e saber se está relacionada com o coronavírus, tem cardiopatias relacionadas à doença. Era um trabalhador novo e precisamos verificar o que está acontecendo, para tentar evitar que mais casos semelhantes aconteçam” – comentou o diretor do departamento de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, Alexandre Vieira. A nota diz ainda que “a diretoria do Sindipetro-NF lamenta a morte de um trabalhador tão jovem e se solidariza à sua família e amigos nesse momento de grande dor”.

Denúncia sobre surto de Covid
No último dia 13 o Sindicato informou que recebeu denúncia de um novo surto de Covid-19 em uma plataforma localizada na Bacia de Campos, a P-47. De acordo com os relatos da categoria, houve desembarque de 13 trabalhadores com suspeita de terem contraído a doença a bordo. Pelo menos quatro testaram positivo.

VEJA MAIS

VEJA MAIS