Tentativa de roubo e tiros na RJ-194 mobilizam polícia em São Fidélis; homem é levado para a delegacia

Um homem, que estava em um carro com características semelhantes as descritas pela vítima foi abordado pela Polícia Militar e encaminhado para a delegacia. Ele negou envolvimento com a tentativa de roubo. A Polícia Civil investiga o caso

Uma tentativa de roubo mobilizou policiais militares na noite desta quarta-feira (10) em São Fidélis, no Norte Fluminense. Um homem, que estava em um carro com características semelhantes as descritas pela vítima foi encaminhado para a delegacia da cidade. De acordo com os sargentos Amaral, Diogo e Pontes, do Patamo, a 4ª Companhia de Polícia Militar foi acionada por um motociclista que havia acabado de ser vítima de uma tentativa de roubo na RJ-194, entre Pureza e Cambuci.

A vítima seguia em direção a Cambuci quando um carro, com dois homens, emparelhou ao seu lado. Um dos ocupantes do veículo, o carona, que estava usando uma máscara e um chapéu do exército, lhe apontou uma arma. Nesse momento a vítima freou a moto e voltou sentido Pureza, e ouviu dois disparos de arma fogo. Ao chegar ao distrito o motociclista parou em um estabelecimento, acionou a polícia, e informou que o carro havia passado pelo distrito e seguia em direção a São Fidélis.

O carro foi abordado pelos policiais do Patamo, com apoio do Posto de Policiamento Comunitário (PPC) e guarnição do DPO de Pureza, próximo da sede da Polícia Militar, na Vila dos Coroados. No momento da abordagem havia apenas o motorista. Ele foi encaminhado para a delegacia da cidade. A arma apontada pela vítima não foi encontrada no carro. De acordo com o delegado titular da 141ª Delegacia de Polícia, Dr. Carlos Augusto, o veículo possui as mesmas iniciais de placa que foram passadas pela vítima.

Ainda segundo o delegado, o carro, que estava em nome de uma mulher que não se confirmou ser a esposa do motorista como ele alegou, foi apreendido. Um cartão de crédito encontrado no carro que estava em nome de outro homem também foi apreendido. Já o motorista, que tem passagens pela polícia e segundo o delegado teria deixado a prisão há pouco tempo, foi ouvido e liberado. Ainda de acordo com o delegado, o homem negou envolvimento com a tentativa de roubo. Um inquérito policial foi instaurado e a Polícia Civil faz diligências para apurar o fato.

VEJA MAIS

VEJA MAIS