Após recuperarem um caminhão que transportava carne que havia sido roubado, os PMs apresentaram na delegacia apenas 200 quilos, e desviaram cerca de 11 toneladas de carne, no valor estimado de 88.254,00, usando viaturas da PM

Sargento da PM, procurado por receptar carga roubada, tira a própria vida dentro de batalhão no RJ

O sargento da PM Luiz Cláudio de Araújo, que era um dos alvos da operação para prender policiais acusados de desviarem uma carga de carne roubada, tirou a própria vida dentro do 7º BPM, em São Gonçalo. De acordo com informações da polícia, ele se matou ao saber que seria preso.

A “Operação Purificação”, realizada pela 4ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), pela Delegacia de Homicídios de Niterói/São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) e pelo Ministério Público tinha o objetivo de cumprir 14 mandados de prisão temporária contra oficiais da Polícia Militar acusados de roubo de carga. Além dos mandados de prisão, os investigadores cumprem 26 mandados de busca e apreensão.

Segundo o Ministério Público, em maio deste ano quatro pessoas assaltaram dois caminhões da empresa Frigoríficos Friganso quando trafegavam pela BR-101 na altura do bairro Boavista, em São Gonçalo. Os criminosos obrigaram os motoristas a dirigirem-se até a Rua Bagé. Diante da notícia do roubo, policiais do 7º BPM foram ao local e flagraram criminosos fazendo a descarga dos caminhões, mas os bandidos fugiram ao perceberem a presença da PM.

Ao invés de levarem toda carga para a delegacia, os PMs acionaram outras viaturas e até um caminhão de frete e desviaram cerca de 11 toneladas de carne, no valor estimado de 88.254,00. Toda ação foi flagrada por câmeras de segurança da rua.

Após o roubo da carga, quatro dos denunciados apresentaram a ocorrência à Delegacia de Polícia, constando como recuperados cerca de 200 quilos do total roubado, apenas 10 caixas de carne.

Mais do SFn