São Fidélis registra 18ª morte de paciente diagnosticado com coronavírus

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte precoce da vítima, que tinha 29 anos e é a pessoa mais jovem a falecer em decorrência da Covid-19 na cidade
Foto: Reprodução/ Facebook

São Fidélis, no Norte Fluminense, registrou mais uma morte de paciente diagnosticado com o novo coronavírus. A 18ª vítima da doença no município é a jovem Mônica Pereira Gomes, de 29 anos. Segundo informações da Vigilância em Saúde, ela estava internada desde o último dia 6 no Centro de Combate ao Coronavírus, anexo ao Hospital Armando Vidal, no Centro. Moradora da Penha, “Mônicão”, como era conhecida, é a pessoa mais jovem a falecer em decorrência do coronavírus na cidade. Até a noite desta terça-feira (14), São Fidélis contabilizava 472 casos confirmados, sendo 17 mortes e 408 pessoas recuperadas. Havia ainda oito casos suspeitos aguardando resultados do Lacen-RJ. (continua após a publicidade)

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte precoce de Mônica. Dezenas de mensagens foram deixadas no perfil da jovem no Facebook. “Ela deixou um legado de amor por onde passou. Ensinou a muita gente, inclusive a mim, que a vida podia ser mais leve e menos complicada se colocasse um sorriso no rosto. Desconheço alguém que não gostasse dessa mulher” – diz uma das publicações. “Minha amiga, que Deus te receba de braços abertos, agora vc está com sua mãezinha. Jamais esquecerei de vc, seu coração puro, sua alegria… o dia amanheceu triste!” – publicou uma amiga.

VEJA MAIS

VEJA MAIS