sexta-feira , 23 outubro 2020
Elevação à categoria de cidade veio através do decreto de lei nº 1533, de 3 de dezembro de 1870; Município é conhecido como "Cidade Poema", e no passado, ficou conhecido nacional e internacionalmente pela Festa da Lagosta

Salve terra fidelense! São Fidélis completa 149 anos de elevação à categoria de cidade

Fotos: SF Notícias

Mesmo não estando em clima de comemoração, devido aos acontecimentos dos últimos dois dias – forte temporal, que provocou vários transtornos, acidente que vitimou um adolescente de 15 anos, e outros acidentes – o município de São Fidélis, no Norte Fluminense, completa hoje, 149 anos de elevação à categoria de cidade, que veio através do decreto de lei nº 1533, de 3 de dezembro de 1870. A data é lembrada no brasão fidelense, ao lado do ano de 1840, quando o antigo povoado foi elevado à categoria de Freguesia. Ficou conhecida como “Cidade Poema”, por ser berço de grandes poetas, e nacional e internacionalmente pela sua tradicional Festa da Lagosta, que até hoje desperta saudade nos corações de muitos moradores. A festa não é realizada há mais de 30 anos. Mas, durante o mês de abril, ainda recebe centenas de visitantes para a celebração da tradicional Festa do Padroeiro e da emancipação político-administrativa. (Continua após a publicidade)

Já entre o final de setembro e o início de outubro, a Semana da Poesia (reveja a programação desse ano AQUI) busca fazer jus ao título da Cidade Poema, reunindo artistas fidelenses e de projeção nacional, atrações como a Feira do Livro, apresentações culturais, recreação infantil, oficinas, encontro com autores, além do Festival Estudantil de Poesia e do Festival Aberto de Poesia Falada, que reúne poetas de todo o Brasil. Além das festas, o município também conta com atrativos turísticos como construções históricas, culturais e ecológicas. Se destacam a Igreja Matriz, a Serra do Sapateiro, da Bela Joana, a região do Rio do Colégio, a Cachoeira do Oriente, o Parque Estadual do Desengano, entre outras. (Continua após a foto)

A data de hoje, entretanto, ainda deve ser marcada pelo trabalho de limpeza e manutenção na cidade. No início da noite de domingo (01/12) um temporal atingiu o município deixando um rastro de destruição. Após o escoamento da água, que inundou várias ruas, até mesmo em pontos mais altos, a lama e lixo ficaram espalhados pela cidade. Houve desabamento de muros – no bairro São Vicente, na beira-rio e no cemitério -, crateras foram abertas na beira-rio, após a calçada ceder em vários pontos, três famílias ficaram desalojadas, mas já foram liberadas pela Defesa Civil para retornar às casas, entre outras ocorrências. Já no final da noite do último sábado, um grave acidente foi registrado no município. Outros acidentes foram registrados nesta segunda. Todas as informações sobre estas ocorrências podem ser conferidas em nosso site.

 

Mais do SFn