Rios Itabapoana, Muriaé e Pomba seguem baixando em cidades do Noroeste Fluminense

Os rios Muriaé e Itabapoana chegaram a ultrapassar a cota de inundação. O nível dos rios começou a subir no domingo depois das fortes chuvas em cidades da zona da mata em Minas Gerais

Após as fortes chuvas em cidades da zona da mata de Minas Gerais, que provocaram a elevação e o transbordamento de rios afluentes, e também após as fortes chuvas nas cabeceiras, os rios que cortam cidades do Noroeste Fluminense subiram nas últimas 72 horas e chegaram a ultrapassar a cota de inundação em três cidades. Em Itaperuna, segundo o coronel Joelson de Oliveira, coordenador regional de Defesa Civil do Norte e Noroeste Fluminense, o nível do Rio Muriaé chegou a 4.56 nesta terça-feira (05), sendo que a cota de inundação é de 4 metros. Ruas mais baixas da cidade, que margeiam o rio, foram inundadas. Ainda segundo o coronel, de ontem para hoje o nível do rio seguiu baixando, e na manhã desta quarta já estava em 4.2 m, dois centímetros acima da cota de inundação. A tendência é que o rio siga baixando no decorrer desta quarta.

continua após a imagem

Em Laje do Muriaé, o nível do rio que chegou a 5.51m na manhã desta terça-feira (05/01), ultrapassando a cota de transbordo que é de 5.15 m, já recuou bastante. Na noite de segunda um trecho urbano da RJ-116 começou a ser inundado, e o trânsito precisou ser interrompido na terça (foto abaixo). Segundo o sistema de alerta de cheias do Instituto Estadual do Ambiente, o Inea, na medição feita às 8h30 da manhã desta quarta-feira (06/01), o nível do rio estava em 3.94 m, mais de um metro abaixo da cota de inundação.

continua após a imagem

Em Bom Jesus do Itabapoana, o Rio Itabapoana também transbordou na segunda-feira. Segundo a Prefeitura, quatro casas da Rua Pedro José de Almeida, no bairro Pimentel Marques, foram invadidas pela água (foto abaixo). Às 6h da manhã de segunda o rio ultrapassou a cota de transbordo (2,10 m), e às 11h30 da manhã, ainda de segunda, chegou a cota de 2.54 m. Já nesta quarta-feira, segundo o sistema de alerta de cheias, o nível do rio está em 1.21 m. A última medição foi feita às 8h45 desta quarta (06).

continua após a imagem

O Rio Pomba também segue baixando em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. Na última segunda-feira (04/01) a prefeitura chegou a pedir as famílias ribeirinhas, principalmente dos bairros mais baixos da cidade, que ficassem em alerta para subida no nível do Rio Pomba. Ainda na noite de segunda, o nível do rio atingiu a cota de 4.33 m, sendo que a cota de transbordo na cidade é de 5 metros. O rio seguiu subindo durante a madrugada e às 11h15 da manhã de terça (05) atingiu a cota de 4.54 m, mas em seguida, começou a abaixar. Na última medição feita pelo sistema de alerta de cheias, na manhã desta quarta-feira (06), o nível do rio estava em 3.17 m.

VEJA MAIS

VEJA MAIS