Requerimento questiona distribuição de pipoca como merenda escolar em Itaocara

No último dia 19, quatro vereadores visitaram uma escola municipal na localidade de Engenho Central, e na ocasião teria sido oferecida somente pipoca aos alunos, já no horário da saída

A Câmara Municipal de Itaocara, no Noroeste Fluminense, vota nesta terça-feira (24/08) um requerimento de autoria dos vereadores Rafael Figueira, Wanessa Gonzaga, Maycon Omecias e Pedro Henrique de Faria, que buscas esclarecimentos sobre a merenda escolar no município. No último dia 19, os quatro vereadores visitaram a Escola Municipal Dr. Péricles Corrêa da Rocha, na localidade de Engenho Central, no distrito de Laranjais. Na ocasião, de acordo com o vereador Rafael, foi oferecida somente pipoca aos alunos, no lugar da merenda escolar. Os alunos estão estudando em horário reduzido e saindo após às 9h30. “As crianças não estão tendo café da manhã na chegada e às 9h30 saem com o lanche no lugar da merenda” – relatou o vereador.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A escola fica localizada em uma área rural, e muitas famílias são carentes. Os funcionários ainda estariam orientados a não comer o lanche. Ainda segundo o vereador, um cardápio fixado na escola informava sobre lanches como pão de forma com presunto e muçarela, pão francês com carne moída e alface, fruta, suco, torta integral de liquidificador, e “pipoca salgada”. “É de doer o coração. As crianças 9h30, chegando às 7h com a volta das aulas presenciais, não tendo café pra tomar na escola, e saindo às 9h30 com um pacotinho de pipoca. Isso é totalmente contrário ao Programa Nacional de Alimentação Escolar” – disse o vereador Rafael na sessão da Câmara do dia 19.

No requerimento é questionado o motivo aos quais à merenda escolar não está sendo oferecida aos alunos, como o café da manhã; quais critérios estão sendo adotados para a elaboração do cardápio da alimentação escolar e o motivo ao qual a pipoca foi oferecida aos alunos no dia 19, tendo em vista que o município recebe recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar. O SF Notícias buscou um posicionamento da Prefeitura de Itaocara através do chefe de gabinete, mas ainda não obteve retorno.

VEJA MAIS

VEJA MAIS