Qual a importância das biografias no estudo da história?

Na reportagem de hoje serão analisados alguns fatores como o que é uma biografia e qual sua importância, além de algumas personalidades históricas que marcaram a humanidade ao longo do tempo

Fotos: Biblioteca de imagens do Canva

A área da História e todas as suas vertentes de pesquisa são responsáveis por analisar toda trajetória histórica da humanidade, desde eventos, culturas, costumes e tradições de um determinado povo em um determinado período no passado. Ainda, dentro deste estudo, existem diversas personalidades e figuras históricas que foram responsáveis por grandes mudanças e transformações na sociedade.

Logo, através do estudo destas figuras, é possível compreender traços de um determinado período histórico e compreender eventos que ocorreram na história da humanidade. Por exemplo, ao nos depararmos com o período da dinastia dos Hunos, certamente se analisa e discute a vida de Átila, o rei deste povo. Já quando se fala de Roma, quase sempre são analisados os momentos deste grande império através da vida de personagens com imperadores, legisladores, políticos e inúmeros outros.

Portanto, na reportagem de hoje serão analisados alguns fatores como o que é uma biografia e qual sua importância, além de algumas personalidades históricas que marcaram a humanidade ao longo do tempo.

O que exatamente é uma biografia?

Apesar de esta pergunta parecer retórica e até, de certa maneira, banal, existem alguns detalhes sobre este gênero textual que muitas vezes passam batidos aos olhos dos leitores. Além da biografia ser uma ótima maneira de se ensinar, através da visualização de uma determinada personagem ou período histórico, é essencial que se tenha domínio sobre o período histórico e o personagem em questão, a fim de elaborar um projeto apropriado ao tema em questão.

De acordo com a Mundo Educação, uma plataforma da UOL, a biografia é um gênero utilizado para relatar e contar a história de uma pessoa, de modo que este tipo de narrativa leva em consideração aspectos pessoais e íntimos da personagem. Os textos e relatos biográficos também são marcados por característica estruturais como:

  • Caráter narrativo
  • Descritivismo
  • Ordem cronológica dos fatos
  • Narração em terceira pessoa

Há, contudo, um subgênero dentro da biografia onde a narração é realizada em primeira pessoa, a autobiografia. Neste caso, o escritor conta a história de sua própria vida, de maneira que toda a narração ao longo do livro é realizada também pela personagem. Ou seja, uma narração em primeira pessoa. Portanto, de maneira simplificada, podemos dizer que a biografia é um retrato da vida de uma pessoa, seja ela importante ou não, historicamente.

Qual o passo-a-passo para se escrever uma biografia?

Ainda de acordo com a plataforma Mundo Educação, o primeiro passo, e o mais essencial deles, para se escrever uma biografia é a pesquisa profunda em relação a vida do objeto de estudo.

O início desta pesquisa se inicia com o estudo e análise de materiais já existentes na literatura, como por exemplo:

  • Livros
  • Filmes
  • Reportagens
  • Programas
  • Entrevistas

 

Além de consultar estes materiais já existentes, grande parte dos autores e especialistas recomenda que sejam feitas entrevistas também. Separe um gravador, uma câmera ou qualquer outro material de registro midiático e realize uma entrevista com seu objeto de estudo. A publicação de inúmeras biografias foi realizada quase que inteiramente através de entrevistas com as pessoas retratadas na obra. 

Grande exemplo disso é a publicação da biografia de Steve Jobs, o finado fundador e presidente de uma das maiores gigantes tecnológicas do mundo, a Apple. De acordo com o autor de sua biografia, o escritor Walter Isaacson, foram realizadas cerca de quarenta entrevistas com o ex-presidente da empresa e com pessoas próximas para realização do livro.

Ainda, a introdução de uma obra biográfica geralmente é pautada em um resumo sobre quem é a pessoa a ser biografada, em uma espécie de prefácio do livro.

A importância das biografias para a História
Através do estudo de biografias e o conhecimento da vida de figuras históricas importantes e proeminentes é possível investigar fenômenos culturais, biológicos e sociais de uma determinada civilização em um determinado período de tempo.

Contudo, de acordo com artigo científico publicado por pesquisadores da UNESP de Franca, sempre houve um abismo técnico entre a história e as biografias, de modo que há uma desconfiança perante os fatos retratados de maneira biográfica.

Essa desconfiança existe desde tempos mais antigos, que remontam à Grécia Antiga, de maneira que as biografias eram vistas como uma espécie de exaltação tendenciosa de indivíduos.

Mas, o estudo de biografias, sobretudo em nível escolar e infantil, pode ser responsável por despertar o interesse de jovens e crianças para a área da história, que hoje é essencial por promover compreensão social e entendimento acerca do contexto vivido nos dias de hoje.

Ainda, obras biográficas podem agir como uma espécie de amostragem de um período específico da humanidade, de modo que a vida de uma pessoa possa refletir costumes, tradições e inúmeros outros aspectos de uma civilização.

VEJA MAIS

VEJA MAIS