Fotos: SF Notícias

Profissional de saúde é segunda paciente curada do coronavírus em São Fidélis, diz Vigilância Segundo a Vigilância em Saúde, a profissional presta serviços de saúde em São Fidélis e no município de Macaé, onde teve contato direto com um caso confirmado de Covid-19

Segundo a Vigilância em Saúde, a profissional presta serviços de saúde em São Fidélis e no município de Macaé, onde teve contato direto com um caso confirmado de Covid-19

Foto Ilustrativa

O setor de Vigilância em Saúde de São Fidélis, Norte Fluminense, informou nesta quarta-feira (22/04) que mais um paciente diagnosticado com a Covid-19 no município se recuperou da doença. Trata-se da profissional de saúde Giselly Cortes de Souza Silva (nome divulgado pela Prefeitura com autorização da mesma), que presta serviços de saúde em São Fidélis e no município de Macaé, onde, segundo a Vigilância, teve contato direto com um caso confirmado de coronavírus. Ela começou a apresentar os sinais e sintomas leves no último dia 02/04, e encaminhou-se para a Vigilância em Saúde no dia 13/04, após uma semana do início dos sintomas, onde foi realizado o teste rápido, que apresentou resultado positivo (IgM) para Covid-19. A paciente foi notificada e orientada quanto as medidas de isolamento domiciliar. As pessoas que tiveram contato com ela também foram testadas e tiveram resultados negativos. (continua após o vídeo)

Ainda segundo a Vigilância, nesta quarta foi realizada uma nova testagem na paciente, após 20 dias do início dos sintomas, e a testagem apresentou resultado apenas de IgG positivo, ou seja, a paciente já se encontra na fase secundária da doença onde o IgG significa a presença de anticorpos produzidos para combater o vírus, não apresenta mais os sintomas e dessa forma se contabiliza como mais um caso curado no município, estando a profissional apta a retornar as suas atividades laborais. O primeiro caso de cura na cidade foi registrado na segunda-feira (20/04). De acordo com a superintendente Hítalla Valentim, o primeiro paciente curado é uma idosa de 90 anos. “Ela teve contato direto com o primeiro caso confirmado aqui do município, apresentou sinais e sintomas leves. Foi orientada e acompanhada pela nossa equipe” – informou na ocasião. Além da idosa, outras duas pessoas da mesma família do primeiro caso também tiveram resultado positivo para coronavírus e seguem sendo monitoradas pela secretaria. Reveja AQUI.

Mais do SFn