Prefeitura de São Fidélis volta a determinar fechamento do comércio não essencial

Anúncio foi feito pelo prefeito em vídeo publicado nesta segunda (20). Município já registrou mais de 180 casos de coronavírus neste mês
Fotos: SF Notícias

Com o crescente número de casos do novo coronavírus em São Fidélis, no Norte Fluminense, a Prefeitura Municipal determinou novamente o fechamento do comércio não essencial no município. A decisão foi anunciada pelo prefeito Amarildo Alcântara, em vídeo publicado na página da Prefeitura nesta segunda-feira (20/07). Um novo decreto deve ser publicado ainda nesta segunda, com as novas medidas de restrição. Na última semana a Prefeitura já havia prometido medidas mais severas de enfrentamento ao coronavírus. Entre as novas medidas previstas no decreto do dia 15 está o sistema de rodízio de CPF nos supermercados. De acordo com o decreto, os munícipes com o último dígito do CPF em número par só podem adentrar no estabelecimento e adquirir produtos de forma presencial nos dias pares e munícipes com o último dígito do CPF em número ímpar só podem adentrar no estabelecimento nos dias ímpares. O decreto também vedou quaisquer tipos de atividades turísticas em rios e cachoeiras no território do município. (continua após o vídeo)

Os estabelecimentos comerciais voltaram a abrir no município no dia 1º de junho, reabertura que ocorreu quase 20 dias após a Prefeitura acatar uma decisão judicial que determinava que o município seguisse as restrições de um decreto do Governo do Estado, entre elas, a suspensão do atendimento ao público no comércio considerado não essencial. Naquele mês o município registrou queda no número de novos casos de Covid-19. Já no mês de julho, o crescente número de casos confirmados e de pacientes internados no Centro de Combate ao Coronavírus tem preocupado. Em menos de 20 dias (entre 1º e 18 de julho), 188 novos casos foram confirmados no município.

VEJA MAIS

VEJA MAIS