Portal dos Procurados divulga cartaz pedindo informações sobre morte de cabeleireiro em Friburgo

O cabeleireiro Leandro Aguiar Louback foi encontrado desacordado e gravemente ferido às margens da RJ-130 e morreu dias depois
Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulgou um cartaz pedindo informações que possam esclarecer as circunstâncias da morte do cabeleireiro Leandro Aguiar Louback, de 26 anos, que morreu no dia 30 de maio, no Hospital Municipal Raul Sertã, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, vítima de graves ferimentos. O objetivo é ajudar nas investigações da 151ª Delegacia Legal de Nova Friburgo. Leandro foi encontrado desacordado às margens da RJ-130 na altura do bairro Córrego Dantas na noite do dia 18 de maio. Segundo o Corpo de Bombeiros, o socorro foi registrado inicialmente como atropelamento e Leandro foi socorrido como vítima vermelha, ou seja, ferimentos graves.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

“Um inquérito já foi instaurado e nenhuma hipótese está sendo descartada. O caso está sob sigilo. Não tenham dúvidas que a investigação será séria e comprometida, como tem sido a atuação da nossa unidade em temas sensíveis” – disse o Delegado Titular da 151ª DP, Henrique Pessoa. Amigos e familiares acreditam que o jovem tenha sido vítima de agressões por homofobia. A página “Coletivo Lgbtqia+ Friburguense” se manifestou sobre a morte do cabeleireiro: “Infelizmente nesse final de semana ocorreu um crime brutal de homofobia em nossa cidade, que vitimou Leandro Louback. O jovem foi encontrado com várias fraturas após marcar encontro com uma pessoa através de um aplicativo. Em tempos difíceis duplique os cuidados. Nossos pêsames aos amigos e familiares.
Leandro Louback presente”.

O Disque Denúncia recebe informações sobre o caso, nos seguintes canais de atendimento:

  • Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099
  • (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177
  • APP “Disque Denúncia RJ”
  • Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,
  • https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

O Anonimato é Garantido. A 151ª DP – Nova Friburgo – está encarregada das investigações e do inquérito do caso.

VEJA MAIS

VEJA MAIS