Polícias Civil, Militar e Ministério Público deflagram Operação Assepsia IV contra o tráfico em Itaocara

Investigações apontaram para a existência de diferentes grupos dentro da organização criminosa que atua na cidade; sete pessoas foram presas nesta quarta-feira (17)

A Polícia Civil de Itaocara, juntamente com o Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (GAECO/RJ), e apoio da Polícia Militar deflagrou a “Operação Assepsia IV” com objetivo de cumprir mandados de prisão temporária, e mandados de busca e apreensão contra integrantes de organização criminosa que atua no tráfico de drogas em Itaocara, no Noroeste fluminense. Os mandados foram expedidos pela Vara Única da Comarca de Itaocara.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

continua após a imagem

As investigações realizadas pelo setor de inteligência da 135ª Delegacia de Polícia de Itaocara, coordenado pelo delegado Dr. Rodrigo Maia, pelo GAECO e pela Promotoria de Justiça de Itaocara, tiveram início em elementos obtidos durante buscas e apreensões realizadas em operações anteriores, em especial, na “Operação Assepsia II”, onde as investigações apontaram para a existência de diferentes grupos dentro da organização criminosa. Por meio de informações de inteligência, e diante dos diálogos extraídos de aparelhos celulares apreendidos foi possível identificar outros integrantes da quadrilha.

continua após a imagem

As outras três fases da Operação Assepsia ocorreram nos últimos 12 meses, resultando na prisão de 53 traficantes que atuavam na região, alguns já condenados em primeira instância. Foram, ainda, encontradas conexões entre o grupo ora denunciado e traficantes denunciados na Operação Ícaro, deflagrada em agosto deste ano.

De acordo com a Polícia Civil de Itaocara, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (17) os policiais estão nas ruas cumprindo nove mandados de busca e apreensão, e todos os sete mandados de prisão já foram cumpridos. Os policiais se encontraram na delegacia de Cambuci, de onde seguiram para Itaocara. Os presos foram levados para a 135ª Delegacia de Polícia de Polícia, de onde serão transferidos para o sistema prisional do estado.

VEJA MAIS

VEJA MAIS