quarta-feira , 23 setembro 2020

Policial Civil morre ao cair em cachoeira em Trajano de Moraes Segundo a Polícia Militar, a vítima teria escorregado e sofrido uma queda. Danielle atuava na 151ª Delegacia Legal de Friburgo

Segundo a Polícia Militar, a vítima teria escorregado e sofrido uma queda. Danielle atuava na 151ª Delegacia Legal de Friburgo

Fotos: Prefeitura de Trajano

A policial civil Danielle da Costa Paixão morreu ao sofrer um acidente na cachoeira ‘Graças a Deus’, em Sodrelândia, no município de Trajano de Moraes. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava na parte alta da cachoeira quando teria escorregado e acabou sofrendo uma queda. Danielle iria completar 36 anos na próxima semana, e atuava na 151ª Delegacia Legal de Nova Friburgo. Ainda segundo a PM, uma equipe de regaste chegou a ir ao local, mas quando a ambulância chegou, a vítima já estava sem vida. O Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) de Trajano foi acionado por volta das 13h deste sábado (18/07). (continua após a publicidade)

Após perícia, o corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O acidente será registrado na 157ª Delegacia Legal de Trajano. A Polícia Civil de Nova Friburgo lamentou a morte de Danielle, que foi descrita como “uma jovem policial, talentosa e dedicada, motivada em fazer um trabalho de qualidade, ciente de que a sociedade merece isso de cada servidor público”. No texto publicado na página da 151ª DP, o delegado Henrique Pessoa, de quem ela foi aluna, disse que Danielle era uma pessoa amável, e que logo se tornou personagem estimada pela família policial, sendo carinhosamente chamada de Dani, e que ela já está fazendo falta. “A morte é algo que o policial aprende a conviver, mas perder uma jovem numa fase tão bela da vida, iniciando uma carreira tão valorosa e que muito nos orgulha é algo devastador, situação que queremos enfrentar com as boas lembranças que a querida Dani nos deixou. Valeu a pena tê-la tido conosco nesse período, e agora ela mora em nossa memória e nossas orações, desejando ao familiares e amigos o conforto para conviver com essa enorme perda. Saudades eternas de seus colegas e amigos policiais”, diz o texto publicado pelo delegado.

Mais do SFn