Polícia prende homem acusado de torturar e manter mulher em cárcere privado em Itaperuna

A polícia informou que o homem também espancou o sobrinho da mulher com chicote. A motivação da tortura teria sido para fazer com que a vítima confessasse uma suposta traição

Policiais civis da 143ª Delegacia de Polícia de Itaperuna, no Noroeste Fluminense, com apoio de policiais militares, prenderam em flagrante um homem, de 22 anos, pelos crimes de tortura, cárcere privado, ameaça e injúria, na forma da Lei Maria da Penha. Ele mantinha a companheira em cárcere privado. Ela apresentava várias lesões pelo corpo. A prisão aconteceu na última sexta-feira (20/11).

Segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, a vítima fez exame de corpo delito e foram constatadas as lesões. A motivação da tortura teria sido para fazer com que a vítima confessasse uma suposta traição. Ainda segundo a Polícia Civil, o criminoso também espancou o sobrinho dela com chicote. Ele foi levado para a 143ª DP e transferido para o sistema prisional do estado.

VEJA MAIS

VEJA MAIS