Polícia deflagra operação “Ultimo Grau” contra grupo que faz manobras arriscadas em rodovia de Duas Barras

De acordo com o delegado, jovens e menores empinam motos e fazem outras manobras arriscadas com os veículos. Três menores foram levados para a delegacia

A Polícia Civil, através da 152ª Delegacia de Polícia de Duas Barras, na Região Serrana do Rio, realizou nesta terça-feira (29/06) a Operação “Último Grau”, que visou identificar e prender indivíduos que praticam rachas e manobras arriscadas com motocicletas no município, colocando em risco a vida de diversas pessoas que utilizam as vias da cidade. De acordo com o delegado titular da 152ª DP, Dr. Diogo Schettini, durante meses os policiais monitoraram suspeitos, bem como acompanharam postagens em mídias sociais de grupos que realizam manobras arriscadas e corridas em plena RJ-144, rodovia estadual que liga os municípios de Duas Barras e Carmo.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ainda de acordo com o delegado, nos grupos e em um perfil no Instagram é possível acompanhar diversos vídeos de manobras ilícitas e disputas entre os participantes, a plena luz do dia, em rodovia estadual. Nesta terça, após o monitoramento, os policiais flagraram os suspeitos realizando as referidas manobras. Três adolescentes – sendo um de 15, um de 16 e outro de 17 anos – foram levados para a delegacia. Na ação os policiais apreenderam as motocicletas conduzidas pelos adolescentes e os seus telefones celulares.

“A fiscalização dos condutores de motocicletas é a segunda maior demanda da população de Duas Barras à Delegacia, atrás apenas do tráfico de drogas. Esse é apenas o início desse esforço da polícia para combater os crimes praticados por motociclistas na cidade, que colocam em risco à vida, não só dos próprios praticantes, bem como das demais pessoas que nada tem a ver com tais práticas ilegais. Diversos outros indivíduos já foram identificados. Representarei à justiça, nas próximas horas, pelas quebras dos sigilos telefônicos dos celulares apreendidos, e, com amplo acesso aos grupos de indivíduos que praticam tais crimes, certamente a investigação avançará enormemente”, disse o delegado.

Os adolescentes responderão pelas práticas dos atos infracionais referentes aos crimes dos artigos 308 (manobra arriscada não autorizada) e 309 (direção sem habilitação) do Código de Trânsito Brasileiro, e suas motocicletas permanecerão apreendidas até eventual liberação pelo Judiciário.

VEJA MAIS

VEJA MAIS